Brasil registra 667 mortes por coronavírus e 13,7 mil casos

coronavírus
07.04.2020, 17:44:00
Atualizado: 07.04.2020, 17:47:24
(Divulgação/Infraero)

Brasil registra 667 mortes por coronavírus e 13,7 mil casos

Número representa um aumento de 20% em relação a segunda-feira (6)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


O Brasil chegou a 667 mortes em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), segundo atualização do Ministério da Saúde, hoje (7). O número representa um aumento de 20% em relação a ontem (6), quando foram registrados 553 óbitos.

São Paulo segue como epicentro da pandemia, com mais da metade das mortes de todo o país, com 371 óbitos. O estado é seguido por Rio de Janeiro, com 89; Pernambuco, com 34; Ceará, com 31, e Amazonas com 23 mortes.

Também já foram registradas mortes no Paraná (15), Distrito Federal (12), Bahia (12), Santa Catarina (11), Minas Gerais (11), Rio Grande do Norte (8), Rio Grande do Sul (8), Espírito Santo (6), Goiás (5), Pará (5), Paraíba (4), Sergipe (4), Piauí (4), Maranhão (4), Alagoas (2), Mato Grosso do Sul (2), Amapá (2), Rondônia (1), Roraima (1), Acre (1) e Mato Grosso (1).

O número de casos da covid-19 no país chegou a 13.717, o que marca um crescimento de 13,7% em relação a ontem (6), quando o balanço do Ministério da Saúde marcou 12.056 casos.

A taxa de letalidade do país subiu de 4,4% para 4,9%.

Bahia tem 14 mortos e 462 infectados por coronavírus
A Bahia chegou a 462 casos confirmados de coronavírus e 14 mortes em decorrência da covid-19. Os dados foram disponibilizados nesta terça-feira (7), em boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

A morte mais recente aconteceu nesta terça, em um hospital da rede privada de Salvador. A paciente era uma mulher de 51 anos, com histórico de hipertensão e diabetes, e estava internada desde 25 de março.

Os outros 13 óbitos do estado ocorreram em Salvador (9), Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1).

Ainda de acordo com o boletim da Sesab, que contabiliza todos os registros de janeiro até as 17h de hoje, a Bahia tem 106 pessoas curadas da covid-19 e outras 51 internadas, sendo 29 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs). Dos testados, 2.511 deram negativo, o que representa 95,01%.

Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Perfil
Até o momento, 51 municípios baianos já possuem casos confirmados da doença. Salvador lidera, com 268 infectados (58,01%). Há pessoas contaminadas com idades que variam de 4 dias de vida a 96 anos, mas a faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 27,71% do total.

Apesar disso, o levantamento da secretaria aponta que o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (5,92/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer nessa faixa etária.

Testes
A Sesab informou também que as unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas.
Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-um-susto-targino-se-prepara-para-cantar/
Músico sofreu grave acidente de carro, mas escapou ileso e agora se prepara para fazer lives
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/sao-joao-sera-comemorado-com-maratona-de-lives-promovidas-pelo-correio/
Serão seis apresentações de bandas e cantores durante o projeto, que arrecadará doações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/junho-chegou-correio-promove-lives-para-comemorar-o-sao-joao/
Apresentações acontecem sempre às sextas e sábados de junho, às 19h
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/editorial-fotografado-a-distancia-une-tres-paises-na-quarentena/
O ensaio foi realizado pela plataforma Zoom, usando celular
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bau-de-marrom-a-bahia-tambem-ensina-ao-mundo-como-cantar-e-dancar-forro/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/copo-de-leite-faz-haddad-acusar-bolsonaro-de-brindar-supremacistas-brancos-entenda/
Leite tem sido usado como símbolo por neonazistas nos EUA; petista enxergou provocação após repercussão de mortes de homens negros. Presidente nega
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/anastacia-comemora-80-anos-com-muito-forro/
Cantora e compositora lança EP com produção de Zeca Baleiro e parcerias com Mariana Aydar, Chico César e Amelinha
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nizan-guanes-vai-entrevistar-roberto-medina-abilio-diniz-e-washington-olivetto/
As entrevistas são parte do Sunday Night Live que o publicitário tem realizado em sua conta do Instagram
Ler Mais