Brasil registra alta de 11,7% nas vendas externas do agronegócio

estúdio correio
01.10.2020, 06:00:00
(Foto: Pixabay)

Brasil registra alta de 11,7% nas vendas externas do agronegócio

Só em julho, os negócios representaram 51,2% no total exportado pelo país

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A agricultura continua sendo o setor que apresenta os melhores resultados para a economia nacional. Só em julho, as vendas externas do agronegócio representaram 51,2% no valor total exportado pelo país. Com esse resultado foram somados US$ 10 bilhões no mês, alta de 11,7% em relação ao valor exportado em julho de do ano passado. 

Com esse desenvolvimento e números animadores, aliados a alguns investimentos realizados por parte dos órgãos do governo, é possível garantir ainda mais o fortalecimento do setor.

Analisando o cenário, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), tem investido em tecnologia e por isso lançou uma ferramenta que tem por objetivo facilitar a vida do produtor rural.

Com um serviço totalmente digital, para obtenção de crédito basta acessar o site do Ministério da Agricultura. Essa inovação acontece por meio do Terra Brasil - Programa Nacional de Crédito Fundiário.

A plataforma é mais um incentivo às atividades rurais e visa fornecer dinamismo e agilidade ao acesso ao crédito rural para aquisição de terras e infraestruturas básicas e produtivas. De modo geral, é mais uma porta que se abre para que o trabalhador do campo encontre novas áreas para sua produção rural. Além disso, a novidade permite a realização de pesquisas por implementos agrícolas, agripeças à venda e insumos.

De acordo com a SAF, com esse site, é possível haver uma redução do prazo médio de tramitação das propostas de financiamento. Logo, passaria de 24 meses para aproximadamente seis meses. Outro ponto interessante e que merece ser destacado é que o processo para aquisição de crédito passou por mudanças. Houve uma redução de 12 para seis fases de atendimento. Elas são: Solicitação; Análise Estadual; Análise Federal; Análise Financeira; Ajustes de correções e pendências; e Finalização.

Embora o serviço seja 100% online, ou seja, sem obrigatoriedade de realizar entrega de documentação física ao governo federal, a aplicação desse crédito por parte do produtor pode ocorrer de inúmera maneiras. Seja física ou virtual. Em linhas gerais, é possível buscar venda de peças pela internet e compra-las, mas também é permitido ir até uma loja física e realizar o investimento, por exemplo. 

Mas para aqueles que estão em busca de comprar de imóveis, a dica é ficar de olho no serviço online “Obter Crédito - Terra Brasil”. Já que, além de o processo de avaliação da elegibilidade do candidato e do imóvel rural serem mais rápidos, ele disponibiliza informações sobre preços na região de interesse do candidato. 



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas