Brasil tem 64.383 mortes em decorrência do novo coronavírus, diz consórcio

coronavírus
05.07.2020, 13:34:00
Atualizado: 05.07.2020, 13:34:09

Brasil tem 64.383 mortes em decorrência do novo coronavírus, diz consórcio

País registra mais de 1,5 milhão de casos de covid-19

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Brasil tem 64.383 mortes em decorrência do novo coronavírus confirmadas até às 13h deste domingo (5), segundo levantamento divulgado por um consórcio de imprensa a partir dos dados das secretarias estaduais de Saúde.

Além das mortes, há 1.579.837 casos confirmados da covid-19 em todo país. O boletim anterior foi divulgado às 8h, trazendo 64.375 óbitos e 1.579.394 infectados notificados. Desde então, houve atualização dos dados no Distrito Federal e nos estados do Mato Grosso do Sul, Piauí, Rio Grande do Norte e Roraima.

Os dados são obtidos em parceria por G1, O Globo, Extra, O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo e Uol. Desde 8 de junho, estes veículos trabalham colaborativamente para trazer os números mais atualizados da covid-19 no Brasil. 

A parceria foi feita em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro (sem partido) de restringir o acesso aos dados sobre a pandemia. 

Primeiro, o Ministério da Saúde passou a publicar o balanço diário mais tarde - de 17h, passou para 19h e depois para 22h, o que dificultava a publicação dos casos mais atuais para os principais telejornais e também para veículos impressos. "Acabou matéria no Jornal Nacional", chegou a debochar Bolsonaro na ocasião da mudança.

Houve também uma mudança qualitativa. Em 4 de junho, o portal sobre a covid-19 no Brasil saiu do ar e retornou mais de 19h depois, trazendo sometne informações sobre casos "novos", registrados no mesmo dia. Desapareceram números consolidados da doença desde o início e links para downloads em forma de tabela, que são essenciais para jornalistas analisarem os dados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas