Briga de irmãs nos 'parabéns' viraliza: 'Uma hora se estapeando, outra se abraçando'

em alta
20.10.2020, 07:41:00
Atualizado: 20.10.2020, 10:01:28
(Reprodução)

Briga de irmãs nos 'parabéns' viraliza: 'Uma hora se estapeando, outra se abraçando'

Mais velha é 'debochada' desde sempre, diz a madrinha. As duas fizeram as pazes

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um vídeo de apenas 25 segundos, mas com muitas emoções e personagens marcantes, tomou conta da internet na noite desta segunda-feira (19). A disputa de duas irmãs na hora de assoprar a velinha no aniversário de uma delas viralizou nas redes sociais. As imagens mostram Maria Eduarda, de 3 anos, tendo seu grande momento roubado pela irmã Maria Antônia, de seis anos - libriana e aquariana, para quem se perguntou. A aniversariante não pensou duas vezes e partiu para cima da mais velha - direto no cabelo, claro. As duas se atracam, Maria Antônia exibe um sorriso debochado e os demais convidados apartam.

A tia das meninas, Gabriela Aureluk, que também é madrinha delas, foi quem postou o vídeo na internet, sem imaginar a repercussão. Ela contou ao site Hugo Gloss que a publicação aconteceu inicialmente no seu Instagram, fechado, mas uma amiga sugeriu que ela desbloqueasse para todos assistirem. Rapidamente o vídeo se espalhou.

A madrinha garante que as duas meninas têm uma relação normal de irmãs - momentos de amor e cuidado dão lugar a brigas. A mais velha acabou não lidando bem ao ver todas as atenções voltadas pra caçula. "Como era aniversário da mais nova, a mais velha estava com ciúmes, é normal. Elas se dão super bem, não ficam longe uma da outra. Só que ontem, durante a festa, os presentes eram pra pequena, os abraços eram pra pequena, ela ficou de lado, então isso começou a gerar um ciúme", explica.

A agora famosa festinha aconteceu no domingo (18). A madrinha diz que sempre tira muitas fotos e vídeos durante o aniversário das pequenas. "Aí eu comecei a filmar os parabéns, e a Maria Antônia estava ali do lado, com uma cara fechada, braba, porque ela não queria estar cantando os parabéns pra irmã, e a Maria Eduarda feliz da vida que o aniversário era dela e a atenção era pra ela", conta.

(Foto: Reprodução)

Na hora da velinha, diz, "deu no que deu". "A Maria Antônia assoprou, e ela é debochada, sempre foi desde criança. Então, ela olhou pra irmã dela meio que 'eu assoprei, né'. Aí a Maria Eduarda se revoltou e desceu o cacete na irmã dela", conta. 

Apesar de tudo, a situação foi resolvida rapidamente, diz. Maria Antônia foi pra dentro chorar, envergonhada com tudo, e Maria Eduarda assoprou outra vela. Depois, as duas fizeram as pazes. "É aquela relação de irmãs. Uma hora estão se estapeando, outra hora estão se abraçando".

A família ficou um pouco assustada com a repercussão. "A gente não sabe nem o que fazer". Críticas feitas a qualquer uma das meninas deixaram todos chateados. "A gente tá feliz que já saiu que elas são irmãs, porque teve muita críticas também. E agora, como já divulgaram que elas são irmãs, briga de irmã é normal", acredita.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas