Cachorro robô chega em setembro custando quase R$ 12 mil

bazar
27.08.2018, 20:01:00
Atualizado: 28.08.2018, 15:49:12
Que tal um doguinho fofinho e que não suja, não morde os móveis e não solta pelo? (Foto: Divulgação)

Cachorro robô chega em setembro custando quase R$ 12 mil

A Sony lança em setembro Aibo, o seu animal de estimação eletrônico

Se você é do tipo que acha que ter um bichinho de estimação dá muito trabalho ou que não tem muito tempo para cuidar de um bicho de verdade, talvez seja a hora de investir em um cãozinho robô. A Sony lança, em setembro, um doquinho eletrônico. O único problema é que ele vai ter um preço um pouco salgado. 

Foto: Divulgação
Não é fofinho? Um bichinho desses pode custar quase R$ 12 mil reais (Foto: Divulgação)

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, pets, tecnologia, bem-estar, sexo e o melhor de Salvador e da Bahia, toda semana:

O cachorro eletrônico da marca vai custar nos Estados Unidos por US$ 2.900, quase R$ 12 mil. Pode até ser mais prático, mas não é a opção mais barata para ter um bichinho, com certeza. 

O robô, que se chama Aibo foi desenvolvido para passear tal como um um cachorro de verdade. Ele também poderá andar no piso da sua casa ou em sofás, por exemplo, assim como aquele bichinho de estimação que não para quieto. 

Foto: Divulgação
(Foto: Reprodução/Youtube)

Aibo entende comando de voz e vem com câmeras, sensores de toque, microfones e um processador Snapdragon 820. Ele também faz reconhecimento facial e pode identificar quando o dono está feliz ou triste, para assim poder agir de acordo com a situação.

Não é uma fofura? Ou seja, você fica só com as partes boas de ter um animalzinho, sem ter que limpar a sujeira dele, sem ter que se preocupar se ele vai roer seus sapatos ou o pé de seus móveis ou encher tudo de pelo.

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração, tecnologia, pets, bem-estar e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas