Caetanave com Brown abre oficialmente o Carnaval de Salvador

carnaval
14.01.2016, 06:00:00

Caetanave com Brown abre oficialmente o Carnaval de Salvador

Cortejo vai sair dia 3 da Praça Castro Alves; Saulo fecha programação

Sob a bênção do poeta Castro Alves, Carlinhos Brown vai abrir o Carnaval de Salvador. Na quarta-feira, dia 3 de fevereiro, Brown vai puxar um cortejo que apresentará uma síntese do que é o Carnaval baiano, contando sua história.

Saindo ao pôr do sol da Praça Castro Alves, o destino do desfile é terminar com a vista da Baía de Todos os Santos. No Palácio Thomé de Souza, na Praça Municipal, o prefeito ACM Neto entregará a chave da cidade ao Rei Momo, simbolizando a abertura da folia.

Caetanave desfilará, com Brown, até Palácio Thomé de Souza, onde ocorrerá entrega da chave da cidade
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Este é o primeiro ano da mudança — a cerimônia antes ocorria no Campo Grande, na quinta-feira de Carnaval. “Vai ser uma abertura histórica. Queremos reunir nesse grande cortejo uma síntese bem colorida, animada, representativa do que vai ser um Carnaval histórico da cidade de Salvador”, disse o presidente da Empresa de Turismo de Salvador (Saltur), Isaac Edington.

O presidente da Saltur também enfatizou os poucos  trios que estarão no desfile inicial — a maioria dos 500 músicos que compõem o cortejo estará na rua. “Vamos mostrar para o Brasil o que é de fato o Carnaval de rua de Salvador, de uma forma diferente e inusitada. Teremos um desfile com cara de cortejo”.

Caetanave
Carlinhos Brown estará a bordo da Caetanave, pequeno trio elétrico que saiu pela primeira vez no Carnaval de 1972. Criado por Orlando Tapajós, o trio foi uma homenagem ao retorno do exílio de Caetano Veloso, durante a ditadura militar. A estrutura atual, uma réplica, estreou novamente no Carnaval de 2014, também comandado por Brown.

O cortejo terá também um bandão com 150 músicos liderados pelo maestro Fred Dantas. Em seguida, uma ala de baianas, o Grupo João de Barros, os percussionistas do projeto Quabales e os Pierrots de Plataforma.

Olodum e Wilson Café trazem, cada um, uma bateria com 100 percussionistas. O desfile tem ainda o Rixô Elétrico de Fred Menendez, espécie de carro movido a pedais. O músico conduz o veículo ao som da guitarra baiana, tocando antigos sucessos da Axé Music. O microtrio de Ivan Huol, criado em 1996, também estará no cortejo. É um trio elétrico de pequenas proporções que remonta à Fobica conduzida por Dodô e Osmar. Por fim, o minitrio de Thierry e o trio de Saulo Fernandes vão fechar a festa.

Inovação
O presidente da Saltur também comentou a antecipação da abertura oficial do Carnaval, que será na quarta-feira pela primeira vez. “No fundo, já começa na quarta mesmo. Na Barra, sempre começou na quarta. Desde 2013 o prefeito vem inovando o Carnaval”, justificou Isaac Edington, colocando a abertura como umas das grandes inovações deste ano.

Outra novidade é o Fuzuê, desfile com blocos tradicionais, e acústicos, que sairá antes da abertura, no dia 30 de janeiro (veja ao lado). O Furdunço, que estreou em 2014 e já está confirmado este ano, sairá no dia 31 de janeiro na Barra e, dia 5 de fevereiro no circuito Osmar (Campo Grande). A proposta do Furdunço é fazer desfilar os minitrios, em menção ao início do trio elétrico. Com três cortejos trazendo atrações gratuitas, a prefeitura aposta na pipoca. Artistas consagrados como Ivete Sangalo, Psirico e Olodum também vão passar na avenida em blocos sem cordas. Ao todo, 20 atrações gratuitas já estão confirmadas.

Edington também pontuou que a abertura da folia pode continuar na quarta-feira nos anos seguintes. “Acho que essa é a intenção do prefeito. Mas não é festa pela festa, tem todo um contexto econômico. Cada dia que a gente consegue reter o turista na cidade de Salvador investindo na cidade, consumindo nos restaurantes, se hospedando, é positivo”, explicou.

Para abrir a festa

Caetanave com Brown
Bandão Fred Dantas  
Ala de Baianas  
Grupo João de Barros  
Quabales  
Pierrots de Plataforma
Ganhadeiras de Itapuã  
Olodum  
Bonecões
Wilson Café e os Tambores  
Mutantes  
Rixô Elétrico Fred Menendez
Micro Trio Ivan Huol  
Thierry (minitrio)
Saulo Fernandes (trio) 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas