Caixa Econômica anuncia empréstimos com garantia de imóvel

brasil
30.07.2020, 14:02:00
(Divulgação)

Caixa Econômica anuncia empréstimos com garantia de imóvel

Ideia é aumentar volume da modalidade, conhecida como home equity

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (30) empréstimos que têm um imóvel como garantia, prática conhecida como home equity. A previsão é de que isso ajude a multiplar por 10 a carteira da Caixa no setor, chegando a cerca de R$ 40 bilhões.

O home equity é uma modalidade de crédito pessoal em que um imóvel é usado como garantia, o que permite reduzir a taxa de juros.

A modalidade já existe no país há muito tempo, mas tem hoje um estoque de cerca de R$ 11 bilhões - R$ 3,5 bilhões com a Caixa.

"Há espaço grande para aquecer nesse segmento. O volume é de R$ 11 bilhões no país e a Caixa tem volume de R$ 3,5 bilhões, é pequeno, queremos aumentar, a expectativa é oferecer R$ 40 bilhões na contratação pelo home equity", diz o presidente do banco, Pedro Guimarães.

O home equity ficará disponível para imóveis que não têm ônus - não têm garantia para nenhum outro banco nem a própria caixa. Será válido tanto para imóvel residencial quanto comercial.

A contratação já pode ser feita a partir do dia 3 de agosto, com taxas pela TR, IPCA ou fixa. Veja as condições de cada uma:

  • IPCA - taxa a partir de 0,6% ao mês num prazo de até 15 anos com garantia de até 50% do valor do imóvel
  • TR - taxa a partir de 0,7% ao mês num prazo de até 15 anos com até 60% do valor do imóvel
  • Taxa fixa - taxa a partir de 0,8% ao mês num prazo de até 15 anos com até 60% do valor do imóvel

A Caixa ainda anunciou a redução da taxa de juros dos empréstimos para pessoas físicas para compra de terrenos e construção de imóveis. Isso também valerá a partir do dia 3.

Para a modalidade de financiamento de lote urbanizado, o finciamento poderá ser de valores entre R$ 50 mil e R$ 1,5 milhão, com taxa de juros efetiva de até TR + 8,5% ao ano, com cota de financiamento de até 70% sobre o valor de avaliação do terreno e prazo de até 20 anos para pagamento da dívida.

Nas modalidades aquisição de terreno e construção e construção em terreno próprio, a Caixa terá taxas de juros customizadas que podem chegar a TR + 6,5% ao ano.

As modalidades estarão disponíveis nos correspondentes Caixa Aqui e na rede de agências.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas