Call of Duty bate recorde e mostra força do mercado mobile

ivan dias marques
15.10.2019, 11:45:00
Atualizado: 15.10.2019, 11:49:24

Call of Duty bate recorde e mostra força do mercado mobile

Até 2021, a expectativa é de que os aparelhos móveis sejam a principal plataforma de games no mundo. E um indício cada vez mais forte de que a expectativa, dessa vez, vai se cumprir é que Call of Duty Mobile, versão para celulares e tablets da aclamada série de jogos, bateu todos os recordes de downloads. Havia uma previsão do mercado de que o setor mobile tomasse a dianteira frente a consoles e PCs ano passado, mas houve um boom inesperado de vendas de consoles. 

Versão mobile de Call of Duty bateu recorde de vendas (Foto: Roberto Abreu/CORREIO)

Lançado em 1º de outubro, o game de tiro bateu os 100 milhões de downloads em apenas uma semana, 20 milhões deles no dia do lançamento.  Pouco mais de 55% dos downloads aconteceram no sistema iOS, da Apple, que também teve 53% das receitas provenientes de vendas no jogo, que alcançaram um total de US$ 17,7 milhões, mais de R$ 70 milhões.

O Brasil, inclusive, foi o terceiro país que mais baixou Call of Duty Mobile, atrás de EUA e Índia, mesma posição em relação às vendas dentro do jogo, desta vez, atrás de EUA e Japão. 

A Pesquisa Game Brasil (PGB), divulgada em junho, apontou que 66,3% dos brasileiros jogam e o smartphone já é a plataforma favorita de 83% deles, seguido pelo video-game (48,5%) e pelo notebook (42,6%) - mais de uma resposta era possível no censo. 

O mercado de games deve movimentar cerca de US$ 1,6 bilhões (cerca de R$ 6,5 bilhões), no geral no país. No mobile, o Brasil é o 9º que mais cresceu nos últimos dois anos, com um incremento de 60% no investimento do público em jogos por smartphone e tablets. No total, o país é o 13º em games no planeta e o 2º na América Latina, atrás apenas do México. 

Se não é a principal plataforma de games em uso, os smartphones e tablets já superaram os consoles no faturamento, com 45% dos gastos do público. Os consoles têm 32% e o PC, 23%.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/de-arrepiar-jovens-percursionistas-fazem-apresentacao-no-centro-historico/
Dança, moda e artes plásticas também fazem parte do Coisas do Sim, do Projeto Axé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/paraguai-extradita-brasileiro-acusado-de-liderar-contrabando-de-cigarro/
Preso desde março de 2019, Luiz Henrique Boscatto foi entregue à PF na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/papa-manda-mensagem-as-familias-das-vitimas-de-brumadinho/
Pontífice lembrou 1 ano da tragédia, completado neste sábado (25)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-entenda-o-brexit-o-divorcio-do-reino-unido-da-uniao-europeia/
Prazo final para saída dos britânicos do bloco é dia 31 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cena-de-terror-diz-jovem-que-salvou-irma-de-ser-atingida-por-predio-em-narandiba/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lore-improta-e-taby-lancam-nova-musica-pipoca-veja-clipe/
O balé da produção é composto por crianças da periferia de Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vanessa-da-mata-faz-show-de-novo-disco-na-concha-acustica/
Apresentação acontece neste domingo (26), às 19h, e também relembra sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/terceira-temporada-do-mundo-sombrio-de-sabrina-estreia-hoje/
Com apenas oito episódios, essa é a menor temporada da série produzida pela Netflix
Ler Mais