Caminhoneiros continuam mobilização na BA; veja tudo do 8º dia de greve

salvador
28.05.2018, 05:41:56
Atualizado: 28.05.2018, 23:18:48

Caminhoneiros continuam mobilização na BA; veja tudo do 8º dia de greve

No estado, há bloqueios nas BRs 116 e 324

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Apesar da publicação das MPs dos caminhoneiros, alguns representantes da categoria permaneceram nas estradas do país nesta segunda-feira (28). E, mesmo que greve seja encerrada, a população ainda continuará sentindo os efeitos da paralisação por alguns dias. Em Salvador, a corrida pela gasolina continua, e a frota de ônibus foi reduzida. Confira cobertura em tempo real.

***

Salvador não corre mais o risco de ficar sem combustíveis nesta terça-feira (29). A informação havia sido confirmada na manhã desta segunda pelo presidente do Sindicombustíveis, Walter Tannus. Entretanto, mais de dez carretas conseguiram chegar em Salvador para abastecer os postos, e o gestor deu nova declaração.

Cada posto tem capacidade de armazenar todo o volume de uma carreta, mas vamos distribuir o volume entre três e quatro postos para que seja feito um abastecimento fracionado”, afirmou Tannus ao CORREIO.

***

Serviços com dia e hora marcados como o Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje estão temporariamente suspensos até o fim da paralisação dos caminhoneiros. Correios ainda não consegue mensurar atraso nas entregas Saiba mais

***

Restaurantes de Salvador sofrem com falta de produtos e de clientes

Tem estabelecimento que vendia 80 refeições por dia e passou a servir apenas 20. Saiba mais.

***

Mobilizados pelo zap

Um dos grupos de mensagens usados pelos caminhoneiros na Bahia para trocar informações (Foto: Marina Silva/CORREIO)

Caminhoneiros baianos estão usando o WhatsApp para manter-se coesos e continuar mobilizados. Através do aplicativo, comunicaram trégua até amanhã, após uma reunião com o comando da Polícia Militar, que tenta negociar o fim dos bloqueios na Bahia. Amanhã, uma reunião no CAB, com representantes do Governo do Estado, dá prosseguimento às negociações pelo fim dos bloqueios na Bahia. Saiba mais detalhes

Caminhoneiros que permaneciam em bloqueio próximo à Ceasa de Simões Filho negociam com a PM (Foto: Marina Silva/CORREIO)

***

Três estabelecimentos são autuados por aumentar preço do gás em Salvador

Três postos de gás foram autuados pela Codecon, no bairro do Uruguai, por aumento de preço sem justificativa na manhã desta segunda-feira (28). De acordo com o diretor da Codecon, Alexandre Lopes, os estabelecimentos comerciais da Cidade Baixa estavam cobrando até R$ 100 por um botijão. O valor, segundo ele, é considerado "abusivo". Saiba mais detalhes.

Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO

O autônomo Rogério Bispo (foto acima) foi um dos que coçou o bolso, mesmo a contragosto: pagou R$ 80. Ele disse, no bairro do Uruguai, que costuma adquirir o botijão no mesmo local por R$ 50. "Eu só comprei porque tenho duas crianças em casa e preciso fazer comida. Acho um absurdo a gente ter que pagar esse preço", criticou. O Procon (órgão estadual de defesa do consumidor) também autuou seis estabelecimentos pela mesma prática de cobrança abusiva.

***

Trechos de estradas baianas permanecem bloqueados 

Apesar do anúncio de concessões aos caminhoneiros, a categoria continua a fazer bloqueios em rodovias de todo o Brasil. Na Bahia, ambos os sentidos da BA-535 (Via Parafuso) estão bloqueados, na altura do Km 10, próximo ao supermercado Atacadão.

 A mesma situação se repete na BA-093, a Estrada do Coco, na altura do Km 33, região de Catu de Abrantes. Em ambas as rodovias, caminhões estão sendo impedidos de seguir viagem, enquanto carros de passeio e ônibus estão sendo liberados. 

Já na BR-116 Sul, há manifestação dos caminhoneiros em vários municípios, com restrição de passagem apenas para veículos de carga (caminhões e carretas). Os bloqueios parciais ocorrem em Santo Estevão, Itatim, Milagres, Jequié, Poções, Manoel Vitorino e Vitória da Conquista.

Não há pontos de bloqueio na BR-324 entre Salvador e Feira de Santana. A PRF informou apenas que 40 pontos de bloqueio persistem nas rodovias federais baianas, mas não listou todos os trechos.

***

Exército escoltando combustível para o Aeroporto de Salvador

Para garantir o funcionamento regular do Aeroporto de Salvador, o Exército está escoltando, a partir de hoje, os caminhões-cisterna que transportam querosene de aviação em ações em conjunto com a PRF. No fim de semana, a escolta foi feita pela PM. O serviço será mantido até a normalização do abastecimento. 

Foto: Divulgação

O aeroporto continua realizando ação colaborativa com outros terminais do país, abastecendo aviões que não iriam encontrar combustível em seus destinos de origem. Somente nesta quinta, quatro voos foram alternados para a capital para abastecimento. 

Foto: Divulgação

O terminal de Salvador está operando normalmente. Até o momento, nenhum voo foi cancelado.

***

  • Atividades mantidas

Sebrae Bahia - O órgão comunica que amanhã (29) o expediente será normal em todas as suas agências, bem como na Central de Relacionamento Sebrae (0800 570 0800).

Ministério Público - Em virtude da garantia de normalização do funcionamento de serviços públicos e privados, a exemplo do transporte público, o Ministério Público do Estado (MP-BA) informa que funcionará amanhã, em todo o estado (exceto nas unidades que funcionam dentro dos fóruns do Tribunal de Justiça), para atendimento à população. Os prazos processuais, no entanto, continuam suspensos até deliberação do TJ-BA, bem como cancelados todos os eventos institucionais programados para esta semana.

  • Atividades suspensas

FSBA - A Faculdade Social da Bahia, em Ondina, decidiu manter as aulas suspensas amanhã. Só o administrativo vai funcionar até 17h, por medida de segurança.

***

Protesto finalizado; manifestantes no 19 BC
Manifestantes que estavam na região da Rodoviária, fechando o trânsito em um protesto que pede Intervenção Militar no Brasil (ver fotos abaixo), já se dispersaram quase que totalmente. No entanto, segundo a Transalvador, uma pequena parte do grupo se dirigiu para a frente do 19º Batalhão de Caçadores (19 BC) do Exército, no Cabula, onde se encontrava desde as 16h30. A Rua Silveira Martins, no entanto, não foi fechada.

***

Ônibus circulam com 100% da frota esta semana; ambulâncias e caminhões de lixo também estão abastecidos

O prefeito ACM Neto anunciou, durante coletiva de imprensa agora à tarde sobre as medidas do governo municipal diante da greve de caminhoneiros, que a frota de ônibus circulará, já a partir de amanhã, com 100% da capacidade.

"Conseguimos ampliar o estoque de combustível disponível para os ônibus de Salvador. Amanhã não teremos que suprimir nenhum ônibus. 100% das frota vai poder rodar. Temos autonomia de combustível para 8 dias", comentou o prefeito.

Ainda segundo Neto, os serviços de limpeza, como a coleta regular nas ruas, também estão garantidos para os próximos dias, já que os caminhões estão abastecidos. 

"Conseguimos também transportar caminhões com combustível que abasteceram dois postos na cidade que estão dando suporte à frota do município. Entre ontem e hoje abastecemos toda a frota do município", afirmou.

As ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também não sofrem risco de ficar sem combustível. "Há reserva de contingência para as ambulâncias do Samu, que são nossa prioridade", declarou.

Prefeito anuncia ações para evitar maiores transtornos durante greve (Foto: Divulgação/SecomPMS)

Vai ter aula

Na rede municipal de ensino, as aulas estão mantidas para amanhã. Parte das unidades ficou fechada ou funcionou apenas parcialmente por diversos motivos, e as aulas terão de ser repostas. "Temos um balanço que indica que 198 escolas funcionaram normalmente, 95 parcialmente e 142 não funcionaram por uma série de motivos, ou porque havia desinformação, ou por dificuldade de chegada dos professores nas salas de aula. Como amanhã está assegurada a frota de ônibus, as aulas estão mantidas. As escolas que não funcionaram terão que repor as aulas. Amanhã todas as salas de aula devem estar funcionando porque haverá transporte", adiantou o prefeito ACM Neto. "Também estamos assegurando a merenda", concluiu.

***

Chegou gasolina no Posto Chaminé, no Rio Vermelho, mas a fila 'não tá gatinha, não' e já afeta o trânsito na Rua Odilon Santos, sentido Pituba (Foto: Fernanda Lima/CORREIO)

***

Bahia Farm Show é adiada!

A greve dos caminhoneiros fez com que a organização da Bahia Farm Show, um dos maiores eventos do agronegócio brasileiro, que ocorreria de amanhã até sábado, remarcasse a data. A decisão foi em comum acordo com expositores. A nova data estabelecida para a feira será de 5 a 9 de junho, terça a sábado da próxima semana. Saiba mais detalhes.

Foto: Divulgação

***

15h20
Manifestantes continuam na região do Iguatemi. Além de protestar contra o governo Temer, parte deles pede Intervenção Militar no Brasil. Às 15h, o grupo ocupava três pistas em frente ao Detran. O trânsito na região ficou lento porque apenas uma pista estava liberada.

Foto: Ivan Dias Marques/CORREIO

***

13h50
Um grupo que protesta contra o presidente Michel Temer e declara apoio à greve dos caminhoneiros caminha, desde as 13h40, na região da Rodoviária. Vestidos de verde e amarelo e com faixas com dizeres como "Fora Temer" e contra a corrupção, eles chegaram a fechar a via na frente do Shopping da Bahia, ao lado da estação do metrô da Rodoviária. O congestionamento já chega à Avenida Bonocô e a região deve ser evitada pelos motoristas. Às 14h, eles chegaram à Madeireira Brotas, na entrada da Avenida Tancredo Neves. Veja galeria de fotos do protesto.

Foto tirada às 13h40
Foto tirada às 13h40 (Foto: Josiane Carvalho/Leitora CORREIO)
Foto tirada às 13h55
Foto tirada às 13h55 (Fernanda Lima/CORREIO)
Foto tirada às 14h09
Foto tirada às 14h09 (Fernanda Lima/CORREIO)
Foto tirada às 14h26
Foto tirada às 14h26 (Fernanda Lima/CORREIO)
Foto tirada às 14h30
Foto tirada às 14h30 (Fernanda Lima/CORREIO)
Foto tirada às 14h30
Foto tirada às 14h30 (Fernanda Lima/CORREIO)

***

Ao vivo, governo federal fala sobre medidas adotadas para atender demandas dos caminhoneiros a fim de acabar com a greve.

***

Tudo certo no Aeroporto de Salvador: mau tempo e greve não geram transtornos no terminal. Passageiros - incluindo jogadores do Vasco e artistas como Devinho Novaes e Paralamas do Sucesso - chegaram e deixaram Salvador sem problemas. Estoque de combusítivel foi reabastecido nesse domingo.

A empresária paulista Rosa Gaia, que estava a passeio em Salvador desde o dia 19, mostra bilhete de volta para São Paulo. Embarque dentro do horário previsto (Foto: CORREIO)

***

Terça-feira não terá combustível em Salvador, diz sindicato dos donos de postos

Segundo o presidente do Sindicombustíveis, Walter Tannus, informou que Salvador e RMS receberam cerca de 700 mil litros de combustível na madrugada desta segunda-feira (28), mas que ele deve durar apenas até o final do dia.

"O comboio chegou entre ontem e hoje e abasteceu 35 postos em Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari. Ele deve acabar ao longo do dia e nossa estimativa é de que amanhã nenhum posto tenha mais combustível", disse. A estimativa do sindicato é que, mesmo que a greve termine hoje,a situação só será normalizada em 48h. 

A situação deve se agravar a partir de quarta-feira, quando o sindicato dos petroleiros também vão entrar em greve. 

O sindicato elencou sete cidades na Bahia onde haverá abastecimentos, mas apenas para carros oficiais e autorizados pelo comando da Polícia Militar, como ambulâncias, viaturas, bombeiros e similares. 

As cidades são:
Feira de Santana,
Juazeiro, 
Jequié, 
Barreiras, 
Luis Eduardo Magalhães
Teixeira de Freitas
Salvador

"Essas cidades foram escolhidas porque são locais que têm pontos de armazenamento de combustível. Serão atendidos apenas carros emergenciais, como ambulâncias, viaturas, embasa e outros", afirma Walter. 

O combustível que vai abastecer essas cidades vai sair de Madre de Deus  e Camaçari, municípios da Região Metropolitana de Salvador, onde estão as distribuidoras. Os combios serão escoltados pela Polícia Militar e pela Polícia Federal. A estimativa do sindicato é de que o combustível chegue nessas cidades nas próximas 48h. (Saiba mais) 

***

Exército vai escoltar caminhão que leva combustível para Aeroporto de Salvador

O Exército vai apoiar a Polícia Rodoviária Federal para a escolta do comboios de caminhões-cisterna de combustível de aviação. A informação foi divulgada pelo Comando da 6ª Região Militar, nesta segunda-feira (28). 

"A partir desta data, o Exército realiza a coordenação, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal, da escolta de comboios de caminhões-cisterna de combustível de aviação, objetivando garantir o fluxo diário e ininterrupto do abastecimento e, dessa forma, contribuir para o bem-estar da população", diz a nota divulgada pela Força Armada. Saiba mais sobre isso aqui!

***

Dois postos estão com filas enormes na Avenida Paralela, na manhã desta segunda-feira. 

***

"Não temos previsão de quando a situação será normalizada", diz Sindicombustíveis


O presidente do Sindicombustíveis, Walter Tannus, falou em entrevista à TV Bahia que não há previsão de quando a situação do abastecimento dos postos de gasolina vai ser normalizada na cidade. Segundo ele, não haverá mais combustível amanhã em Salvador

(Foto: Gil Santos/CORREIO)

***

Protesto em favor dos caminhoneiros acontece na Av. ACM

Um grupo de manifestantes está agora em um semáforo em frente ao Shopping da Bahia, na Av. ACM, ocupando a via apenas com o semáforo está no vermelho, sem causar interferência no trânsito. Além desse protesto, um outro grupo faz uma manifestação no Largo das Sete Portas. Os envolvidos ocupam uma faixa de tráfego da via no sentido Aquidabã. Trânsito lento, mas sem retenção, no local. Ainda não há informações sobre os motivos dos protestos.

***

Dom Murilo pede conciliação e diálogo

O arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, gravou um vídeo para o CORREIO, pedindo que haja diálogo e conciliação para resolver a greve dos caminhoneiros. "Eu tenho esperança que agora todos voltem ao trabalho. Há outros setores que pensam nos seus direitos, mas é hora de que todos pensem no Brasil", disse. Assista:

***

Guardia diz que em breve redução de preço do diesel chegará à bomba

Em entrevista coletiva concedida na manhã de hoje (28), o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que desde o domingo da semana anterior (20) o governo trabalha "full time" (em tempo integral) em busca de um acordo. A expectativa é de que a normalidade seja retomada. Guardia disse que em breve a redução de preços chegará à bomba.

Segundo ele, assim que a reoneração for aprovada, mais medidas serão definidas. Ele não adiantou essas ações.

***

Após negociação, alguns caminhoneiros desfazem bloqueio na CIA-Aeroporto

Amanhã está marcada uam reunião na Seinfra onde representantes do governo devem analisar as propostas da categoria.

***

'Oi, nego! Tudo bem contigo?'

Certamente você já ouviu esse refrão nos últimos tempos pela voz do cantor Devinho Novaes, cantor do hit "Oi, Nego". Na manhã desta segunda-feira (28) ele estava no Aeroporto de Salvador prestes a embarcar para São Paulo e declarou apoio aos caminhoneiros que estão em greve desde o dia 21 deste mês. 

"Já é a terceira vez que estou viajando nesse meio tempo  da greve e foi tudo tranquilo. Não tive nenhum transtorno. Estamos fazendo muitos shows e estou indo  para São Paulo. Espero que a greve não gere situações negativas, mas estou apoiando os caminhoneiros. São trabalhadores igual a gente, rodam o país inteiro", afirmou o cantor. Leia mais aqui!

***

Planalto faz nova reunião para avaliar greve
Uma nova reunião de avaliação da situação de restabelecimento da normalidade em todo o País, após publicação das Medidas Provisórias no Diário Oficial (DOU) extra na noite de domingo, 27, atendendo também às reivindicações dos caminhoneiros autônomos, é no Palácio do Planalto.

Não está previsto na agenda do presidente Michel Temer que ele vá participar do encontro mas, desde sábado, 26, ele tem se integrado às discussões e acompanhado todo o avanço dos debates, tomando decisões com base nestes relatos. Saiba mais sobre a reunião aqui!

***

Bloqueios continuam

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os caminhoneiros continuam as manifestações na BR-324, no km 613 e 619, no sentido Salvador, bloqueando a passagem de caminhões e carretas.

***

Jogadores chegam ao aeroporto
Após a derrota de 3x0 para o Bahia no Campeonato Brasileiro, o meiocampista Wagner conta que o time não teve dificuldades para chegar em Salvador. 

"A nossa locomoção foi tranquila, estava tudo dentro do previsto. A gente poderia não fazer a viagem caso a greve durasse mais dois ou três dias. Foi tudo bem calculado e as dificuldades as mínimas possíveis para que a gente chegasse ate aqui", contou.

Wagner: chateado com a derrota; satisfeito com a viagem (Foto: CORREIO)

***

26 bilhões de reais!

Esse é o prejuízo estimado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação causado no Brasil nos oito dias de greve dos caminhoneiros. O dado foi divulgado na manhã desta segunda-feira (28).

***

Olha a gasosa!

As bombas dos postos já foram abastecidas, agora só restam os tanques dos carros. Por isso, fique ligado quais estabelecimentos já estão vendendo o combustível na manhã desta segunda-feira (28). Importante destacar que em todos os postos abaixo há filas grandes e os postos informam que não há garantia de ter combustível o dia inteiro por conta da dificuldade de reposição. Valores e estoques atualizados até 9h45 desta segunda-feira (28). 


Posto Namorados - Pituba - Gasolina Comum R$ 4,54 -  Os carros estão fazendo a volta no posto e chegam até a rua Rio Grande do Sul, dando volta na Asbac. 

Posto Mataripe - Gasolina Comum R$ 4,54, nas proximidades da entrada e da saída da Rodoviária

Posto Gaivota - Gasolina Comum R$4,51, na Avenida Vasco da Gama 

Posto Alegria - Gasolina Comum R$ 4,54, Avenida Vale dos Barris 

Posto Menor Preço - R$4,54, Avenida San Martin

Posto BR - Gasolina Comum R$ 4,54 - Dique do Tororó

Posto BR, do Cabula - Gasolina Comum R$ 4,54 

Posto Menor Preço, na Barra - Gasolina Comum R$ 4,54

Posto BR, na saída do Centro de Convenções -  - Gasolina Comum R$ 4,54 

Posto Shell, em Piatã -  Gasolina Comum R$ 4,54 

Auto Budião, do Costa Azul - Gasolina Comum R$ 4,54

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

***

Já se programou para esta segunda-feira?

Veja aqui o que funciona em Salvador neste oitavo dia de greve dos caminhoneiros

***

Olha o avião!

O Aeroporto de Salvador está funcionando normalmente. Segundo a assessoria da Vinci Airports, concessionária que administra o Aeroporto, não há previsão de cancelamento de vôos até o momento. No domingo (27) o Aeroporto foi reabastecido, mas não se tem a quantidade exata de combustível.

(Foto: Leitora CORREIO/via WhatsApp)

 

***

No Posto Alegria, no bairro dos Barris, os condutores estão enfrentando pelo menos 20 minutos de espera para abastecer carros e motos. O servidor público Carlos Almeoda dos Santos abasteceu o carro pela primeira vez depois da greve. "Eu vi que aqui tinha e vim abastecer logo. Hoje a fila está bem menor", comenta ele. 

Carlos comemorou a fila menor para poder abastecer
Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO

 ***

Que alegria! 

O supervisor Diego Anjos, 33 anos,  achou gasolina no Posto Alegria, no bairro dos Barris. Ele disse que está sem rodar desde sábado. "Me indicaram esse posto e eu vim abastecer logo pra garantir", disse.

Diego estava sem sair de carro desde sábado
Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO

 ***

No posto Gaivota, na Avenida Vasco da Gama, os motoristas também precisam esperar pelo menos 20 minutos para abastecer. O técnico em protese Tiago Almeida, 33 anos, veio de moto pegar para levar a gasolina que deve abastecer seu carro. Ele levou pra casa 7 litros, cada um a R$ 4, 59. "Como faltou no meu carro ontem, eu dei um jeito de pegar hoje", disse ele.

***

E as filas continuam...

A gasolina está chegando aos poucos nos postos de Salvador, mas as filas gigantes permanecem. Olha o tamanho dessa no Posto Alegria, na região dos Barris:

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

***

Na Estação da Lapa, os passageiros aguardam a chegada dos ônibus. Nesta segunda-feira, a frota está reduzida na cidade. Nos horários de pico, 80% dos coletivos estão nas ruas, de acordo com a Semob.

(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

***

Caminhoneiros devem voltar ao trabalho hoje, diz presidente da Abcam

Em entrevista concedida à Rádio Eldorado na manhã desta segunda-feira (28), o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse que o momento agora é de que os caminhoneiros voltem às suas atividades.

"Agora o pessoal ainda está dormindo, mas acredito que até o meio-dia tudo estará resolvido", afirmou.

As informações são do Estadão Conteúdo

***

Aeroporto de Salvador recebe mais combustível

O aeroporto de Salvador recebeu uma nova quantidade de querosene suficiente para manter os voos, informou a Vinci, que administra o terminal. "No último domingo o aeroporto recebeu uma nova quantidade de querosene de aviação, suficiente para suprir a atual demanda de voos regulares e suporte temporário a malha aérea nacional. Os níveis de autonomia seguem sob monitoramento constante, conforme demanda. ", diz a nota divulgada.

Neste domingo (27), foram registrados 31 voos alternados para abastecimento, 105 pousos e 82 decolagens. Nenhum voo foi cancelado, segundo a empresa.

***

Aeroporto de Ilhéus continua sem combustível

O aeroporto de Ilhéus, no Sul da Bahia, continua sem combustível, informou a Infraero nesta segunda-feira (28). Além dele, outros sete aeroportos estão na mesma situação, mas continuam com pousos e decolagens. Saiba mais aqui!

***

O governo apresentou na noite de domingo um acordo para atender as reivindicações dos caminhoneiros, que protestam nas rodovias de todo o país. Confira aqui o que prevê esse acordo, que já teve as MPs publicadas no Diário Oficial da União em edição extra. 

***

Protestos em rodovias baianas

As manifestações também continuam nas rodovias estaduais. Segundo a Bahia Norte, há protesto no km 13 da BA-526, nos dois sentidos. Apenas automóveis e ônibus estão passando no local. Na BA-535, no km 10, sentido Salvador, não há retenção. No sentido Camaçari, os caminhões estão estacionados no acostamento, e ônibus e veículos leves podem passar.

***

A busca pelo combustível continua em Salvador. Uma fila de carros se formou na Rua Silveira Martins, entrada do Cabula V, na entrada do posto de gasolina BR

(Foto: Bruno Wendel/CORREIO)

***

Bloqueios na Bahia

De acordo com informações da Via Bahia, há protestos dos caminhoneiros na BR-116, no km KM 835, km 814, que ficam na altura de Vitória da Conquista, e nos km 778 e 759, na altura do município de Poções. Ainda segundo a concessionária, eles fazem manifestação no eixo da pista, veículos em área de domínio e área dos postos de combustíveis. Caminhões e carretas são impedidos de passar. Confira os outros trechos de mobilização:

No km 709 da BR-116, em Manoel Vitorino, há manifestação de Caminhoneiros, local com sinalização no eixo da pista, veículos em área de domínio e área dos postos de combustíveis. 

No km 672 da BR 116, em Jequié, a manifestação tem sinalização no eixo da pista, veículos em área de domínio e área dos postos de combustíveis.

No km 539 da BR 116, em Milagres, a manifestação de caminhoneiros, local com sinalização no eixo da pista, veículos em área de domínio e área do Posto Irmão Caminhoneiro. 

No KM 521 da BR-116, em Itatim, o protesto tem sinalização no eixo da pista, veículos em área de domínio e área do Posto Papa Leguas 1. Tráfego fluindo normal, só não passa caminhões e carretas.

No KM 459 da BR-116, altura de Santo Estevão, há protesto com ambos os sentidos interditados, porém liberando veículos pequenos e carga viva. Só não passa caminhões e carretas.

Já no KM 517 BR 116, em Itatim, a manifestação de caminhoneiros tem com sinalização no eixo da pista e veículos na área do Posto Reforço 4. Tráfego fluindo normal, só não passa caminhões e carretas.

Também há manifestação na BR-324, no km 541 e 542, em Amélia Rodrigues. Uma faixa está interditada, mas ainda não há retenção.

***

Por volta das 5h10, carros já formavam uma fila para tentar abastecer em um posto de gasolina, no Vale do Ogunjá. Também há filas em um posto de gasolina na Avenida ACM.

Quem precisa andar de ônibus vai encontrar a frota reduzida.  Segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), a expectativa é que 80% da frota de ônibus esteja em operação nos horários de maior movimentação em Salvador nesta segunda-feira. Desde a última sexta-feira, a demanda de ônibus tem sido monitorada, numa estratégia para que Salvador não fique sem transporte coletivo caso a greve dos caminhoneiros não chegue a um fim até a próxima quarta. 

No domingo (27), 780 ônibus circularam na cidade de acordo com o secretário municipal de Urbanismo e Transporte, Fábio Mota. A quantidade representou 30% da frota. Mota explicou que a circulação dos coletivos está sendo feita por demanda. “A gente está segurando para economizar o diesel”. Ele disse que os coletivos devem ser reabastecidos em breve. No entanto, para evitar confusão, a secretaria não vai anunciar quando isso vai acontecer. “Estamos planejando escolta para o abastecimento”, completa.

Os veículos oficiais da Prefeitura e de prestadores de serviço do município, sobretudo os prioritários, como ambulâncias do Samu, veículos de limpeza, da área de manutenção e da Transalvador, foram abastecidos neste final de semana, embora não em sua totalidade. Para as ambulâncias, existe reserva de combustível até quarta-feira (30). O metrô funciona normalmente

***

Para tentar pôr fim à greve, o presidente Michel Temer cedeu e reduziu em R$ 0,46 o valor do diesel, com corte em tributos como a Cide e o PIS/Cofins.

O pacote de medidas também contemplou as três MPs que foram publicadas no Diário Oficial da União. A primeira delas determina que 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sejam feitos por caminhoneiros autônomos, que serão contratados por meio de cooperativas, entidades sindicais ou associação.

A segunda MP institui a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargo. Segundo o texto publicado no DOU, o governo publicará duas vezes por ano uma nova tabela de preço mínimo de frete por quilômetro de acordo com o tipo de mercadoria transportado (carga geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel). A primeira tabela será publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em até cinco dias e valerá até o dia 20 de janeiro de 2019.

Confira mais detalhes aqui!

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas