Caminhoneiros devem voltar ao trabalho hoje, diz presidente da Abcam

brasil
28.05.2018, 07:54:27
Atualizado: 28.05.2018, 08:14:27

Caminhoneiros devem voltar ao trabalho hoje, diz presidente da Abcam

Lopes explicou que há grupos envolvidos nas manifestações que têm outras pretensões

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em entrevista concedida à Rádio Eldorado na manhã desta segunda-feira (28), o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José da Fonseca Lopes, disse que o momento agora é de que os caminhoneiros voltem às suas atividades. "Agora o pessoal ainda está dormindo, mas acredito que até o meio-dia tudo estará resolvido", afirmou.

Lopes explicou que há grupos envolvidos nas manifestações que têm outras pretensões, diferente das dos caminhoneiros e da Abcam. Lopes também agradeceu o apoio da população à categoria, mas ressaltou que ainda há coisas a fazer e "reuniões internas para resolver".

"Vamos colocar ordem nesse segmento que transporta o Brasil nas costas. Um segmento que antes não tinha o reconhecimento do governo, que estava em uma situação pior que um indigente. A partir de hoje, essa situação deve se resolver", disse ele.

A Abcam divulgou uma nota na manhã desta segunda informando que "ainda não houve tempo hábil para que todos os caminhoneiros tomassem conhecimento da decisão tomada" na noite deste domingo, 27, quando um novo acordo foi firmado entre lideranças do movimento e o governo. "A entidade vem trabalhando para que a informação do acordo chegue em toda a categoria", cita a nota dos caminhoneiros autônomos. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas