Campo Grande ganha mais 150 vagas de Zona Azul durante o mês de janeiro

salvador
04.01.2019, 14:20:00
Atualizado: 04.01.2019, 14:30:00
(Marina Silva)

Campo Grande ganha mais 150 vagas de Zona Azul durante o mês de janeiro

Alguns pontos que tinham estacionamento proibido serão liberados

O bairro do Campo Grande, além de prolongar a permanência da iluminação natalina na praça e ganhar uma nova programação, também passará a contar com 150 novas vagas de Zona Azul, disponíveis aos visitantes durante todo o mês de janeiro. De acordo com a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), alguns pontos da via, antes proibidos, vão ser liberados para estacionamento.

Com a mudança, os veículos passam a ter autorização, a depender da demanda, para estacionar no entorno da praça principal, onde haverá uma programação especial até o dia 31 de janeiro. De acordo com a Prefeitura, cerca de 600 mil pessoas conferiram a iluminação de Natal durante o mês de dezembro.

As novas vagas ficam localizadas nos seguintes pontos: nos dois lados da Av. Sete de Setembro; no trecho próximo à descida para o Vale do Canela, onde será permitido o estacionamento apenas ao lado direito; no trecho entre o lado do hotel Wish e da Fundação João Fernandes da Cunha, onde continua sendo permitido o estacionamento, já que é uma área de Zona Azul regulamentada.

No entanto, na margem que fica em frente ao Teatro Castro Alves o estacionamento continua proibido. Os condutores também devem manter livres as áreas de embarque e desembarque do transporte público, respeitando o limite de 30 metros antes e após os pontos de ônibus.

Os preços das cartelas de Zona Azul não vão sofrer alteração e seguem com os valores de R$ 3 por 2h, R$ 6 por 6h, e R$ 9 por 12h. Os condutores também podem optar por pagar a qualquer guardador devidamente credenciado ao Sindicato dos Guardadores ou através de um dos seis aplicativos do Zona Azul Digital.

“Em janeiro costumamos ter um fluxo maior de turistas na cidade e é o período de férias escolares, por isso esperamos que essa mudança possa dar mais comodidade a quem for ao local”, afirma Fabrizzio Müller, superintendente da Transalvador.

* Sob supervisão da subeditora Fernanda Varela

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas