Cardeal americano disse que é preciso corrigir papa herege

mundo
08.04.2018, 10:22:00

Cardeal americano disse que é preciso corrigir papa herege

A fala do cardeal conservador foi feita em um evento em Roma

O cardeal conservador norte-americano Raymond Burke, um dos maiores críticos do papa Francisco, disse que é preciso "corrigir" um papa quando ele comete heresia. A declaração foi dada em um congresso realizado em Roma sobre os limites da autoridade papal.

"Como demonstra a história, é possível que o Pontífice Romano, exercitanto a plenitude de seus poderes, possa cair na heresia e no abandono de sue primeiro dever de proteger e promover a união da fé, do culto e da disciplina", declarou Burke.

Segundo ele o processo pode ser feito em daus fases. "A correção do suposto erro dirigida diretamente ao Pontífice, e depois, se ele não responder, se deve proceder a uma declaração pública", revelou. Burke, Caffara e mais dois cardeais questionaram a abertura do papa Francisco à comunhão de divorciados na Igreja. Isso colocaria em dúvida a doutrina católica.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas