Carinhanha, na Bahia, segue sofrendo com inundações após chuva do fim de 2021

brasil
16.01.2022, 14:45:29
(Foto: Divulgação)

Carinhanha, na Bahia, segue sofrendo com inundações após chuva do fim de 2021

Volume do Rio São Francisco está 7,5 m acima do normal

A cidade de Carinhanha, no Sudoeste da Bahia, segue sofrendo com os impactos das chuvas que caíram há duas semanas, no fim de 2021. Por lá, como mostrou reportagem do Jornal Nacional, o Rio São Francisco está 7,5 metros acima do normal para essa época do ano. 

A cheia inundou plantações, deixou quase mil moradores ilhados e estradas bloqueadas. Mais de 9 mil pessoas foram atingidas, mais de 90 estão desabrigadas ou desalojadas.

“A gente fica com medo de entrar, a água tornar a entrar novamente na casa. Então não tem como a gente ficar”, disse ao telejornal da Globo a comerciante Vanusia Sena de Almeida diante do quintal todo alagado.

Mais de 60% da população de Carinhanha mora na zona rural do município, e essas comunidades foram as mais atingidas. Dezesseis delas estão alagadas e a maioria das estradas está danificada.

“O volume de estrago é incalculável. A gente ainda não tem como fazer isso, porque o município é muito grande. Nós temos mas de 83 comunidades que estão isoladas. Só uma delas não está isolada. Todas as outras têm problema com as enchentes”, afirma a prefeita de Carinhanha, Francisca Alves.

Nesta semana, o governo da Bahia reconheceu o decreto de situação emergência do município de Carinhanha. Há quatro dias não chove na região, mas a água não baixa. A superintendência de Defesa Civil do estado monitora as cidades margeadas pelo Rio São Francisco. Dezessete delas estão em alerta.

“É importantíssimo o plano emergencial ser feito e, independente disso, os sinais de alerta, a população precisa ser avisada", alerta o coronel Miguel Filho, superintendente da Defesa Civil da Bahia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas