Carlos Alberto Decotelli da Silva é o novo ministro da Educação

brasil
25.06.2020, 15:25:15
Atualizado: 25.06.2020, 16:02:39
(Divulgação)

Carlos Alberto Decotelli da Silva é o novo ministro da Educação

Bolsonaro anunciou nome de professor e ex-presidente do FNDE nesta quinta

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta quinta-feira (25) Carlos Alberto Decotelli da Silva como novo ministro da Educação. A escolha do substituto de Abraham Weintraub foi anunciada pelo presidente em sua página no Facebook.

Decotelli foi presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) entre dezembro de 2018 e agosto de 2019, segundo o currículo Lattes do novo ministro.

Decotelli é bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), mestre pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), doutor pela Universidade de Rosário, na Argentina, e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha.

Decotelli comandou o FNDE durante quatro meses, durante a gestão do ministro Ricardo Vélez Rodríguez, no primeiro semestre de 2019.

A própria nomeação de Decotelli na pasta, na época, foi alvo de um vai-não-vai dentro do MEC, segundo reportagem do portal Nova Escola. A mesma portaria, assinada pela Casa Civil, trazia Luíza Monteiro de Castro Dutra Araújo para exercer o cargo de Diretora de Desenvolvimento Curricular e Formação de Professores Alfabetizadores da Secretaria de Alfabetização. O nome de Decotelli havia sido anunciado já na primeira leva de indicações do MEC, mas ele só assumiu o cargo posteriormente. 

Ainda conforme o Nova Escola, o novo ministro da Educação é um dos pioneiros da Educação executiva em finanças no Brasil, sendo professor de Finanças Nacionais e Internacionais, Análise de Investimentos, Mercado de Capitais e Derivativos. Já deu aulas na FGV, IBMEC, Febraban e Fundação Dom Cabral, além de cursos para empresas.

Decotelli participou ativamente das reuniões de transição no Ministério da Educação e, embora tenha sido subordinado a Vélez Rodríguez, membro da chamada ala ideológica orientada pelo ideólogo Olavo de Carvalho, é considerado um dos nomes sob influência dos militares no governo de Jair Bolsonaro.

Decotelli da Silva possui experiência executiva de finanças em Bancos e Corretoras de Câmbio, Titulos e Valores Mobiliários. Em parceria com a FGV-IDE Management, criou o Curso Gestão Financeira Corporativa no New York Institute of Finance. É sócio administrador da Copas Treinamento e Consultoria. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas