Carnaval começa chuvoso em Salvador, diz Inmet

carnaval
07.02.2018, 10:56:37
Atualizado: 07.02.2018, 12:54:29

Carnaval começa chuvoso em Salvador, diz Inmet

Sol aparece a partir do sábado (10)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Quem tiver medo de chuva que se prepare. A previsão do tempo para o início do Carnaval é de dias nublados com pancadas isoladas de chuva, principalmente desta quarta-feira (7) até a próxima sexta-feira (9). Já no sábado (10), a temperatura começa a subir e pode chegar a 30º C, mas ainda haverá pancadas fracas e rápidas de chuva.  

Do domingo (11) em diante, os dias serão ensolarados e de muito calor.  “O sol prevalecerá e as pessoas que forem para a rua, podem se preparar para temperaturas elevadas, que podem chegar até 33ºC”, explica a meteorologista Cláudia Valéria, do Instituto Nacional de Metereologia (Inmet).

Programação
Mesmo com o dia chuvoso hoje, e sem o início oficial do Carnaval, já tem folia nas ruas. O carnaval mais retrô da Capital tem início à tarde, à partir das 17h, nos Barris, com a saída do bloquinho Moraes &Moreira, em frente ao reduto boêmio, o Bar Velho Espanha, na Rua General Labatut, 38. Às 19h30 começa a concentração das fanfarras no Circuito Sérgio Bezerra, que tem o percurso realizado do Farol da Barra, seguindo pela Avenida Oceânica até as proximidades do Clube Espanhol.

Nos Barris, os foliões desfilarão vestidos com camisas de cores distintas (os Moraes e os Moreiras), que trazem caricaturas do primeiro cantor de trio elétrico: Moraes Moreira. Os adeptos de cada um dos blocos seguem suas fanfarras de um ponto ao outro da principal rua dos Barris e se encontram no meio da noite, quando as bandinhas se unem para tocar juntas. A noite ainda é animada por DJs e atrações musicais.

Embora só tenha ganhado reconhecimento oficial em 2011, o circuito que vai do Farol em direção à Rua Airosa Galvão, sendo finalizado antes do cruzamento com a Avenida Centenário, já tem uma trajetória de 40 anos com a Lavagem do Habeas Copos. Não é à toa que o empresário e idealizador da Lavagem, e dono do bar homônimo, batiza o trajeto e ganhará tributo para marcar as quatro décadas da festa do Habeas.

De acordo com o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, apesar de ser um percurso pequeno, ele já virou uma tradição e é esperado por todos. “É uma abertura extra oficial do carnaval com muita alegria e descontração”, pontua o representante da prefeitura, ressaltando que a irreverência dos grupos sempre revela surpresas para os foliões. “A folia vara a madrugada fazendo uma bela prévia do que virá na quinta”, revela Edington.

O bloco Abre a Boquinha terá seu primeiro desfile esse ano e contará com os cirurgiões dentistas e estudantes de odontologia. Outra atração que promete lembrar os carnavais de antigamente com marchinhas e muito samba é o Alerta Geral que, pelo sexto ano consecutivo, leva a Fanfarra do Alerta Geral para o circuito.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas