Casa de Tereza investe em usina de energia solar

donaldson gomes
21.05.2021, 05:00:00

Casa de Tereza investe em usina de energia solar

Sustentabilidade no prato
Quem vai ao restaurante Casa de Tereza, já se acostumou a desfrutar do melhor da culinária baiana. Mas é importante saber também que as delícias preparadas pela chef Tereza Paim e sua equipe são temperadas com muita sustentabilidade. Além da valorização da produção familiar local, uso de alimentos orgânicos, investimento em coleta seletiva e até uma máquina que transforma as sobras de alimentos em adubo, o Casa de Tereza está investindo em energia limpa. A Usina Solar Maria Tereza, implantada em Ibotirama, tem capacidade para atender todas as necessidades energéticas do restaurante com sobra. Tereza Paim acredita que além de benéfica ao meio ambiente, a usina é um bom negócio. 

“É uma ação de responsabilidade com o meio ambiente, mas não deixa de ser um negócio rentável porque a gente passa entre cinco a seis anos pagando e os equipamentos têm vida útil de 20 anos”, explica. Maria Tereza é uma homenagem à netinha, conta. “É o futuro, né”

Selo verde
De acordo com a chef Tereza Paim, o seu restaurante é o único do país com um selo verde. Segundo ela, a empresa está classificada na categoria ouro, mas deve mudar em breve para a diamante, assim que o movimento melhorar. 

“Desde abertura da casa estamos sempre investindo em sustentabilidade. Contratamos uma auditoria para nos certificar e assim que o movimento melhorar vamos convida-la para nos avaliar novamente, agora que temos a usina”, explica. 

Recorde histórico
De janeiro a abril deste ano, o Terminal de Contêineres (Tecon) do Porto de Salvador, do grupo Wilson Sons, movimentou 123 mil TEU (unidade correspondente a um contêiner de 20 pés) em cargas de importação, exportação e entre portos brasileiros. É o maior volume registrado no primeiro quadrimestre em 21 anos de história do terminal. O recorde histórico também foi alcançado em abril, com a operacionalização de 33.200 TEU, motivado, principalmente, pelo recebimento das mercadorias importadas. Na comparação com abril do ano passado, o atendimento às cargas de exportação cresceu 32,3%, com maior representatividade para os segmentos de celulose e papel, pneus e pelo embarque de uva e manga do Vale do São Francisco. 

A cabotagem cresceu 42,4%, impulsionada pelos volumes de químicos destinados à indústria, além de bebidas e materiais para a construção civil. Nas importações, a alta foi de 13,2%, impulsionada pelos setores de energia solar, polímeros e caixaria. O transbordo (cargas transportadas entre um porto hub para outros portos de origem/destino) e a remoção aumentaram 124,4%, estimulados pela maior movimentação de polímeros, químicos e alimentos. 

“O novo recorde alcançado espelha o resultado dos nossos esforços para possibilitar ao Porto de Salvador manter a sua alta competitividade, a partir dos investimentos feitos em tecnologia de ponta, logística 4.0, infraestrutura e equipes especializadas, colocando-o entre os maiores operadores do país”, avalia Demir Lourenço, diretor executivo do Tecon Salvador. 

Liderança no Nordeste
O Grupo Petrópolis começou bem 2021. A empresa diz ter dados de um dos maiores institutos de pesquisa do país que coloca a marca Itaipava com 16% de participação no mercado do Nordeste, primeira colocada no segmento mainstream. O Grupo Petrópolis está presente em quase todo o território nacional, por meio de oito fábricas e 184 centros de distribuição entre próprios e terceiros. O Nordeste representa um dos seus principais mercados, com duas unidades fabris, em Alagoinhas (BA), e outra em Itapissuma (PE). Responsável pelo abastecimento da Bahia e Sergipe, Alagoinhas tem capacidade produtiva de 6 milhões de hectolitros por ano e foi uma das responsáveis por incrementar o consumo de seus produtos no Nordeste.  

“Além da aposta na produção, qualidade dos produtos e distribuição otimizada, a empresa vem investindo em marketing, por meio de campanhas específicas e do patrocínio de eventos que trazem benefícios para a região e fidelizam ainda mais o consumidor nordestino”, explica Eliana Cassandre, head de Marketing da Itaipava e do Grupo Petrópolis. 

O Grupo Petrópolis inaugurou em 2019 novas linhas de refrigerantes nas unidades fabris de Alagoinhas e Itapissuma. O empreendimento fez parte do projeto de expansão das fábricas do Nordeste que receberam quatro novas linhas de produção cada (duas de cervejas e duas de não-alcoólicos). As linhas de refrigerantes têm capacidade de 20 mil garrafas/hora cada uma.

Marketplace
Os clientes do Cartão Aliança Saúde, do Grupo Alliar, terão acesso a consultas médicas na unidade Delfin – Itaigara, com descontos no valor das consultas. No primeiro trimestre de 2021, o Cartão Aliança originou 50 mil exames dentro das clínicas do Grupo Alliar, faturou R$ 4,8 milhões. Atualmente, o marketplace conta com 170 mil beneficiários e está presente em 17 estados. 

Inclusão 
O Assaí Atacadista, atacado de autosserviço com 16 unidades na Bahia, está investindo cada vez mais em iniciativas para fomentar a inclusão e a diversidade em seu quadro de colaboradores. Recentemente, a rede lançou o Hand Talk Hugo no seu site e intranet, ferramenta que traduz conteúdos de textos e vídeos em libras. 

Inscrições abertas
Terminam hoje as inscrições gratuitas para o Hackathon Comércio, que acontece entre os dias 29 de maio e 5 de junho.  O evento é uma iniciativa do Sebrae e Fecomércio-BA. Os participantes do desafio devem criar soluções de base tecnológica para os impasses enfrentados pelo comércio na pandemia de covid-19. As inscrições podem ser feitas em https://www.sympla.com.br/hackathon-comercio__1201184. O evento será realizado online. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas