Casos de dengue crescem mais de 658% este ano na Bahia

bahia
12.11.2019, 20:07:00
Atualizado: 12.11.2019, 20:10:43
(Foto: Fiocruz/Divulgação)

Casos de dengue crescem mais de 658% este ano na Bahia

Até o momento já foram registrados 65.574 casos da doença e 80 mortes

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


A Bahia já registrou um crescimento de 658,3% no número de casos de dengue registrados no estado de 30 de de dezembro de 2018 a 8 de novembro deste ano. O dado é do último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Enquanto no ano passado foram registrados 8.647 casos prováveis da doença, este ano já foram notificados 65.574.

Até o momento, foram notificados 80 mortes por dengue na Bahia, sendo que 31 foram confirmados, 29 laboratorialmente (12 em Feira de Santana, três em Salvador, dois em Paulo Afonso, um em Candeias, um em Rafael Jambeiro, um em Coração de Maria, um em Jacobina, um em Paripiranga, um em Presidente Dutra, um em Santo Antônio de Jesus, um em Simões Filho, um Candiba, um em Camaçari, um em Mulungu do Morro e um em Euclides da Cunha), um em Muritiba e um em Cruz das Almas. Foram descartados 31 óbitos e 18 permanecem em investigação. No total, 385 municípios realizaram notificação de casos de dengue.

Os casos de Chinkungunya também cresceram no período, mas numa proporção menor. De acordo com a Sesab, foram notificados 8.656 casos prováveis da doença no estado, contra 4.275 no mesmo período de 2018. Os número representam um aumento de 102,4%. Até o momento, há registro de oito mortes por conta da doença, sendo duas delas em Feira de Santana, duas em Candeias, três em Madre de Deus e uma em Salvador. Duas mortes por suspeita da doença ainda permanecem sob investigação, uma delas em Salvador e a outra em Candeias. Os casos da doença foram registrados em 208 dos 417 municípios municípios baianos.

Já os casos de Zika saltaram de 1.378 em 2018 para 2.863 casos no período deste ano. O crescimento registrado foi de 107,7%. Os casos estão distribuídos em 180 municípios realizaram notificação da doença e nenhuma morte foi registrada por conta da Zika este ano ainda.

Infestação em queda
O último Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), realizado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador mostrou que o percentual de infestações de arboviroses (dengue, zika vírus e chikungunya) na capital baiana reduziu entre os dias 30 de setembro e 04 de outubro. 

O estudo apontou ainda que o Índice de Infestação Predial (IIP) no município teve uma redução em relação ao levantamento anterior realizado em julho desse ano, onde de 2,7% para 2,2%. Ou seja, a cada 100 imóveis visitados, aproximadamente dois apresentaram focos do mosquito.

Se comparado ao último estudo, o novo LIRAa apontou que Salvador reduziu também o número de bairros com alto risco endêmico, passando de 14 para 9 localidades com indicador acima de 4%.

"Esse resultado é fruto do intenso trabalho que vem sendo realizado pelo Centro de Controle de Zoonoses. A gestão busca manter a cidade livre das doenças que são causadas pelo mosquito. Por isso, é importante que a população não descuide, mesmo diante das reduções continue fazendo o seu papel e nos ajude nesse trabalho ininterrupto limpando seus respectivos quintais, ficando atentos aos vasos de plantas e mudando hábitos como deixar de jogar lixo nas ruas. Se todos fizerem a sua parte, podemos reduzir ainda mais os índices de infestação” pontuou Isolina Miguez, subcoordenadora de Controle das Arboviroses.

Fazenda Coutos foi a localidade que apresentou o maior índice de infestação (8,4%), seguido do Bairro da Paz (5,7%), além de Mirante de Periperi e Nova Constituinte (5,3%). Já a localidade da Fazenda Grande II apresentou o menor indicador da cidade com 0,2%.
 

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/em-live-com-miley-cyrus-anitta-e-chamada-de-icone-pop-brasileiro/
Cantoras conversaram via Instagram e dançaram Rave de Favela
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-teste-de-dna-e-traicoes-abner-e-sthe-ganham-mais-de-16-mi-de-seguidores/
Treta após baiano descobrir que não é o pai de sangue de bebê foi o assunto mais comentado do mundo nas redes sociais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/baco-exu-do-blues-lanca-ep-contra-o-tedio-da-quarentena/
Preso em casa, artista produziu nove faixas em três dias
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bolsonaro-muda-o-tom-e-diz-que-coronavirus-e-maior-desafio-da-nossa-geracao/
Presidente criticou isolamento mais rígico e voltou a ser alvo de panelaços; veja vídeos em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/leo-picon-admite-ser-o-ex-em-comum-de-manu-gavassi-e-rafa-kalimann/
Participantes do BBB falaram, no programa, que já se relacionaram com a mesma pessoa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bbb20-dennis-dj-lanca-funk-para-prior-e-manu-baco-canta-a-tropa-do-babu/
Reality show tem mobilizado as redes sociais e famosos têm aderido às torcidas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cronista-da-velha-sao-salvador-riachao-imprimiu-marca-pessoal-no-samba/
Cantor e compositor morreu na madrugada de segunda-feira (30), aos 98 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-musica-dedicada-a-babu-baco-exu-do-blues-lanca-novo-album/
Com 9 músicas, incluindo faixas com críticas a Bolsonaro, EP foi disponibilizado nesta segunda-feira (30)
Ler Mais