Cenas de Carnaval: a irreverência do folião

salvador
23.01.2019, 05:00:00
(Evandro Veiga/Arquivo CORREIO)

Cenas de Carnaval: a irreverência do folião

O povo também é parte do espetáculo

Nem só de artistas, blocos e celebridades vive o Carnaval. Muito pelo contrário. Sem o povo, que vai, vem e, muitas vezes, fica nos circuitos, a festa seria como ouvir música em casa.

Uma parte curiosa - e deliciosa - da folia são aqueles que saem de casa munidos do sentimento de aparecer, de não só ver, mas também ser visto. 

Desde a invenção da Fobica, nos anos 50, por Dodô & Osmar, que o povo quer contribuir com a alegria do Carnaval e, dentro dessa vontade, cabe de tudo, como do folião da foto principal.

Para fugir da unidade do bloco Inter (como agora se chama o tradicionalíssimo Os Internacionais, fundado há mais de 50 anos), onde todos usam camisas iguais, o homem resolveu ser único. 

(Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Claudionor Jr/CORREIO)
(Foto: Marina Silva/CORREIO)
(Foto: Arisson Marinho/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)
(Foto: Antônio Saturnino/CORREIO)
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)


Penteado invocado, lupa brilhante, corrente (voando), meião de baba e um tênis ‘cheguei’. Tudo, claro, para chamar a atenção. O fotógrafo Evandro Veiga ainda registrou um pulo e o folião conseguiu o que queria: atenção. Todos na foto o observam. 

A câmera é estopim da vontade de ser visto: a bandeira do estado de onde o turista vem, a plaquinha com o ‘Mãe, tô na TV’, a dança, a fantasia exagerada, os apetrechos levados.

Mas se engana quem pensa que só a rua é palco para aparecer. Uma passada nos atuais camarotes e nos deparamos com camisas cavadas para mostrar músculos e shorts minúsculos, além dos saltos - aliás, quem inventou ir de salto para o Carnaval?

Aparecer, por sinal, é até uma contradição à história da festa, que remonta aos bailes de máscaras desde a Idade Antiga, mas bem apropriada ao tempo de selfies e instagrams.

Alguns, no entanto, preferem manter a característica original. A festa segue sendo o momento de se esconder, onde as normas de comportamento são suspensas, se levarmos em conta uma visão antropológica. De máscara, anônimo, vale abusar, gritar e dançar livremente. E sem medo de cliques.

Cenas de Carnaval é um oferecimento do Bradesco, com patrocínio do Hapvida e apoio de Claro, Fieb, Salvador Shopping, Vinci Airports e Unijorge. 


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/trailer-final-de-star-wars-a-ascensao-skywalker-e-divulgado/
Imperador Palpatine retorna com destaque maior que nos outros trailers
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-retirada-de-oleo-praias-de-morro-de-sao-paulo-tem-acesso-liberado/
Garapuá e Boipeba também foram limpas, mas banho de mar ainda não é recomendado
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/senhora-eduardo-bolsonaro-vira-meme-apos-correr-de-jornalistas-veja-video/
Novo líder do PSL na Câmara fez aparição surpresa na Câmara
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/torcedores-do-olympiacos-invadem-campo-e-agridem-fas-do-bayern/
Confusão aconteceu na partida dos times sub-19, antes do duelo da Liga dos Campeões
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/explosao-em-quintal-matou-ate-as-baratas-da-vizinha-nao-tem-mais-acabou/
Vídeo de caminhoneiro destruindo 'ninho' de insetos no Paraná viralizou; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/mais-de-15-tonelada-de-oleo-ja-foi-retirada-de-duas-praias-de-morro-de-sao-paulo/
Banho na Segunda e Terceira praias está suspenso; vídeo mostra óleo em Garapuá
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/motorista-infarta-perde-controle-e-bate-onibus-em-loja-na-heitor-dias/
‘Estou passando mal, vou infartar’, disse motorista antes de perder controle de ônibus. Ele foi socorrido pra hospital
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/libaneses-cantam-baby-shark-para-acalmar-crianca-assustada-durante-protestos-veja/