Cenas de Carnaval: Moraes Moreira

salvador
13.02.2019, 05:00:00
Carnaval de 2011 (Evandro Veiga/Arquivo CORREIO)

Cenas de Carnaval: Moraes Moreira

O Carnaval não existe sem o artista pioneiro na folia

Existem artistas que são indispensáveis ao Carnaval. Pela história que construíram, pelas composições que criaram, pelo alcance do público, pela carreira que possuem. Lá no topo desses artistas está Moraes Moreira.

Aos 71 anos, o baiano de Ituaçu já homenageou e foi homenageado pelo Carnaval, como em 2017, ao completar sete décadas de vida. Nem por isso deixa de viver novas emoções. Naquele ano, o trio dele teve um problema na embreagem que atrasou bastante a saída. Mas o público se manteve fiel, esperando Moraes, que estava acompanhado do filho Davi. 

“Tentaram melar meu baba, mas não conseguiram. O povo baiano viu que eu estava lá com minha história, meu repertório, com Davi Moraes, a banda e uma equipe dedicada”, escreveu ao CORREIO dias depois.

Moraes começou na sanfona, passou ao violão e ao rock ‘n’ roll e misturou todas as influências mais nos Novos Baianos, grupo que fez parte entre 1969 e 1975 e que marcou e marca a música brasileira até hoje. Um ano depois, já em carreira solo, Moraes foi o primeiro artista a cantar num trio elétrico no Carnaval, junto com  o Trio Elétrico Armandinho, Dodô & Osmar. A partir daí, seus frevos ‘trieletrizados’, como ele denominava, passaram a ser marca registrada do nosso Carnaval: Pombo Correio, Chame Gente, Eu Sou o Carnaval, entre outros.

“Nossas canções resistiram a tudo e a todos, dando mostras de que vieram para ficar. Passada a euforia dos sucessos imediatos, elas ressurgem gloriosas, no gogó dos foliões, inteiras e renovadas pela juventude. Reforçam assim um conceito que tenho: um bom Carnaval se faz com passado, presente e futuro”, analisou.

Em 1999, o artista fez sua última apresentação no Carnaval, antes de um hiato de 10 anos, muito sentido por seus fãs e por quem valoriza o Carnaval baiano. Moraes sempre demonstrou insatisfação pelos rumos atuais da festa, chegando a criticar a ‘invasão sertaneja’. Como ícone do Carnaval, tem todo o direito.

*Cenas de Carnaval é um oferecimento do Bradesco, com patrocínio do Hapvida e apoio da Claro, Fieb, Salvador Shopping, Vinci Airports e Unijorge

Com Davi Moraes, seu filho, em 1994
Com Davi Moraes, seu filho, em 1994 (Marcelo Tinoco/Arquivo CORREIO)
Com Paulinho Boca e Baby na reunião dos Novos Baianos, em 1990
Com Paulinho Boca e Baby na reunião dos Novos Baianos, em 1990 (Fernando Amorim/Arquivo CORREIO)
Em 2010, na sua volta ao Carnaval após 10 anos
Em 2010, na sua volta ao Carnaval após 10 anos (Marina Silva/Arquivo CORREIO)

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/girassol-whindersson-nunes-e-priscilla-alcantara-lancam-musica/
A música já está disponível em plataformas digitais
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/carolina-ferraz-diz-que-nao-vai-mais-atuar-em-novelas/
Ela diz que vai continuar atuando em filmes e minisséries
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/ufrb-aluno-diz-que-recusou-prova-de-professora-negra-por-questao-de-energia/
Vídeo mostra Danilo com mala e sacola conversando com delegado e professor na Rodoviária de Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/meu-deus-do-ceu-mataram-morador-gravou-morte-de-suspeito-de-assalto/
Comparsa foi agredido; população evitou roubo de carro na Ribeira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vencedor-do-festival-de-berlim-synonymes-estreia-em-salvador/
Longa-metragem narra história de um soldado israelense que foge para Paris
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/suspense-em-familia-a-moda-de-agatha-christie/
Com três indicações ao Globo de Ouro, Entre Facas e Segredos revive o velho e bom clima de “quem matou?”
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/estudante-acusado-de-racismo-tentou-usar-cota-para-entrar-na-ufrb/
Ele teve o pedido negado, mas tentou recurso para conseguir vaga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/estudante-e-hostilizado-em-residencia-vamos-ver-com-quantos-paus-se-mata-um-racista/
Caso ocorreu na residência universitária onde morava o estudante que se recusou a receber prova de professora negra
Ler Mais