Cenas de Carnaval: o amor da Didá

salvador
27.01.2019, 05:00:00
(Robson Mendes/Arquivo CORREIO)

Cenas de Carnaval: o amor da Didá

Banda homenageou seu criador, Neguinho do Samba, na festa de 2010, meses após sua morte

O amor é fraqueza, mas também é força. É saudade, e homenagem. É silêncio e é música. Paralisa e move. O antagonismo é próprio do sentimento, como é do Carnaval. Uma festa que celebra a alegria, tradicionalmente, mas que foi usada pela Didá, em 2010, para homenagear - também - a dor.

Criador da entidade percussiva e educacional, e do samba-reggae, Neguinho do Samba havia falecido meses antes. “Foi um Carnaval de muito choro, muita emoção, uma declaração de amor plena”, diz Vivian Caroline, viúva de Neguinho e diretora da Didá, sem saber que, naquele momento, também emocionava o jornalista.

Aos 25 anos, a Didá é muito mais que uma ‘banda de mulheres’ e isso se deve à semente plantada, regada e cuidada pelo seu criador. A entidade significou inclusão social, um mercado de trabalho, movimentação de economia, música e arte para dezenas de mulheres negras que, por muitos anos, foram alijadas desse processo lúdico, profissional e artístico.

(Robson Mendes/Arquivo CORREIO)
(Robson Mendes/Arquivo CORREIO)
(Robson Mendes/Arquivo CORREIO)
(Robson Mendes/Arquivo CORREIO)


“A dimensão que ele tem é absurda. Então, foi um Carnaval especial, um momento deliciado, em que estávamos sentido a responsabilidade de manter a instituição viva. É uma gratidão da Didá também pelas mudanças rítmicas na música do país”, comenta Vivian.

Naquele dia, o bloco teve uma estátua de Neguinho, crianças com bacias - para simbolizar o início da vida musical do mestre, que batucava nas bacias da mãe ‘até furar’ - e integrantes em pernas de pau, mostrando a grandeza do músico e instrumentista, cofundador e ex-diretor também do Olodum. Uma homenagem mais do que digna a quem tanto amou a música.

*Cenas de Carnaval é um oferecimento do Bradesco, com patrocínio do Hapvida e apoio de Claro, Fieb, Salvador Shopping, Vinci Airports e Unijorge


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/de-arrepiar-jovens-percursionistas-fazem-apresentacao-no-centro-historico/
Dança, moda e artes plásticas também fazem parte do Coisas do Sim, do Projeto Axé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/paraguai-extradita-brasileiro-acusado-de-liderar-contrabando-de-cigarro/
Preso desde março de 2019, Luiz Henrique Boscatto foi entregue à PF na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/papa-manda-mensagem-as-familias-das-vitimas-de-brumadinho/
Pontífice lembrou 1 ano da tragédia, completado neste sábado (25)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-entenda-o-brexit-o-divorcio-do-reino-unido-da-uniao-europeia/
Prazo final para saída dos britânicos do bloco é dia 31 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cena-de-terror-diz-jovem-que-salvou-irma-de-ser-atingida-por-predio-em-narandiba/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lore-improta-e-taby-lancam-nova-musica-pipoca-veja-clipe/
O balé da produção é composto por crianças da periferia de Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vanessa-da-mata-faz-show-de-novo-disco-na-concha-acustica/
Apresentação acontece neste domingo (26), às 19h, e também relembra sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-esperar-de-regina-duarte/