Cenas de Carnaval: trabalhadores

salvador
01.03.2019, 05:00:00
(Arisson Marinho/9.3.2011/Arquivo CORREIO)

Cenas de Carnaval: trabalhadores

Enquanto uns pulam e dançam, outros sofrem

Os circuitos do Carnaval de Salvador não são feitos só das ruas principais, por onde os trios vão e vêm puxando multidões. São nas vielas e ruas adjuntas que o cenário do sonho de festa encontra a realidade da desigualdade social.

Se, para milhares de soteropolitanos e turistas, o Carnaval é sinônimo de alegria e esquecimento das rotinas diárias, para centenas de pessoas é a oportunidade de um ganha-pão. De conseguir pagar parte das dívidas e botar comida em casa.

Assim, levam barracas de camping, improvisam ‘lares’ com lonas e papelão para diminuir o custo de ir e voltar para suas moradias. Muitas vezes, com filhos das mais diversas idades. Se tornam ambulantes, cordeiros, carregadores de gelo. Quase sempre em condições precárias de trabalho e remuneração.

Ao menos, há algum tempo, existe uma fiscalização maior de órgãos públicos em relação a isso. São proibidas, por exemplo, as presenças de menores de idade e de gestantes como cordeiros. 

Ainda assim, a diária de R$ 51 para um cordeiro, por exemplo, não corresponde ao trabalho exercido durante o percurso, ainda tendo que aguentar, por muitas vezes, a falta de educação de foliões dos blocos. Alguns deles trabalham duas vezes no mesmo dia, para conseguir um dinheiro a mais e também o lanche, obrigatório para os contratantes.

De uma certa forma, o Carnaval escancara a desigualdade social para muitos que querem não encará-la. O cordeiro, responsável por separar quem pode e quem não pode, também ganha status de ‘broder’, ao impedir o contato entre as duas faces da folia. O ambulante é o fornecedor do combustível da festa.

Mas é sempre bom lembrar: enquanto os foliões se divertem, os trabalhadores estão lutando por suas vidas. Merecem, no mínimo, respeito.

*Cenas de Carnaval é um oferecimento do Bradesco, com patrocínio do Hapvida e apoio da Vinci Airports, Fieb, Salvador Shopping, Unijorge, Claro, Itaipava Arena Fonte Nova e Sebrae

Carnaval 2013
Carnaval 2013 (Marina Silva/Arquivo CORREIO)
Carnaval 2009
Carnaval 2009 (Evandro Veiga/Arquivo CORREIO)
Carnaval 2010
Carnaval 2010 (Robson Mendes/Arquivo CORREIO)
Carnaval 2017
Carnaval 2017 (Arisson Marinho/Arquivo CORREIO)

Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/salvador-concorre-ao-premio-nacional-do-turismo-2019-em-tres-categorias/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/banda-panteras-negras-recebe-luedji-luna-e-okwei-odili-no-goethe/
Celebrando um ano de formação, musicistas exaltam contribuição das mulheres negras na arte
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais