Cerca de mil cestas básicas foram entregues para autônomos do turismo

coronavírus
01.07.2020, 17:10:00
Atualizado: 01.07.2020, 17:10:24

Cerca de mil cestas básicas foram entregues para autônomos do turismo

Baianas de acarajé receberam 120 kits durante essa semana

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Cerca de mil cestas básicas foram distribuídas pela Prefeitura, através da Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador (Secult), para autônomos do turismo. O objetivo é ajudar esses profissionais durante o período da pandemia do novo coronavírus. As mais recentes foram entregues no início desta semana, com 120 kits destinados a baianas de acarajé. Elas receberam os itens na sede da Secult, na Rua Argentina, 342, no Comércio.

Durante o mês de junho, permissionários do Mercado Modelo foram contemplados com 258 cestas. E, desde abril, os guias e monitores de turismo receberam, no total, 600 kits.

“A ação faz parte das medidas emergenciais que a Prefeitura vem implementando, dentro do programa Salvador para Todos, para minimizar os efeitos a pandemia causada pelo coronavírus na capital baiana”, afirmou o secretário de cultura e turismo, Pablo Barrozo.

Presidente da Associação Nacional das Baianas de Aracajé (Abam), Rita Santos comemorou a iniciativa, afirmando ser muito importante para os trabalhadores e familiares. "Principalmente para as baianas e os trabalhadores no setor de turismo, no qual foram os mais afetados pela pandemia, devido à quarentena e isolamento social”.

O benefício foi concedido aos trabalhadores informais que não receberam o auxílio do Salvador por Todos. Cada caso foi analisado pela Secult, em conjunto com os sindicatos responsáveis e a Abam.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas