Chuva forte: Salvador entra em nível de alerta máximo para deslizamentos

salvador
26.11.2019, 08:54:00
Atualizado: 26.11.2019, 14:01:46
(Foto: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

Chuva forte: Salvador entra em nível de alerta máximo para deslizamentos

Há pontos de alagamento por exemplo na Calçada, Cidade Baixa, Avenida ACM

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.


Salvador amanheceu chuvosa nesta segunda-feira  (25) e depois das 8h43 entrou em alerta máximo. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) mudou status de 'em alerta' para  'alerta máximo' devido a notificação de risco muito alto para deslizamento.

O tempo frio e céu nublado, que são características do inverno, deu às caras novamente no auge da primavera, transformando a paisagem da capital baiana. O mau tempo causa transtornos em diversos pontos da cidade. 

"Houve mudança para nível de alerta máximo devido a notificação de risco muito alto para deslizamento e continuidade de chuva forte próximas horas", afirmou o diretor-geral da Codesal, Sosthenes de Macêdo.

Leia também: Entenda o que provocou as chuvas fortes desta terça (26) em Salvador

Decorrente de uma frente fria vinda da região Sudeste, as chuvas devem continuar de maneira fraca e moderada durante o dia. A situação pode ocasionar alagamentos e possíveis deslizamentos de terra em toda a cidade.

Nas últimas 72 horas, bairros de Salvador como o Retiro e a Liberdade chegaram a acumular 54 mm em nível pluviométrico. Nas última hora, a Ondina e a Pituba acumularam 10,8 e 8,4 mm. Os registros são do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil (Cemadec) de Salvador.

Cumprindo o que rege o Plano de Proteção e Defesa Civil (PPDC), a Codesal acionou as sirenes em 10 das 11 localidades que contam como equipamento. Os moradores destas localidades deverão se deslocar de suas casas até os locais determinados pelo órgão.

As sirenes são acionadas quando o volume de chuvas acumulado em determinada região ultrapassa a 150 mm, como determina o protocolo do PPDC. Macêdo pede aos moradores que, com o acionamento das sirenes, saiam de suas casas e se dirijam para os pontos de apoio de modo a "garantir o nosso bem maior, o bem da vida".

Transtornos
Em alguns pontos da cidade, foi possível notar locais alagados, por conta do acúmulo de água e trânsito lento. Na Avenida Cardeal da Silva, a água ficou acumulado sobre o viaduto de ligação para a Federação. Também foram registrados pontos de alagamento na Calçada, Cidade Baixa e Avenida ACM. 

Na Avenida Centenário, no trecho que compreende o Shopping Barra e o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR) alguns carros pararam na via quando tentavam atravessar poças  d'água no sentivo Vale dos Barris.

Leia também: Faculdades e escolas cancelam aulas por conta da chuva; saiba quais

Por conta disso, formou-se um extenso  engarrafamento e alguns motoristas prefiriram retornar trafegando pelo canteiro-central - a via oposta, tomada pela água que escoava dos viadutos do entorno - estava cheia de água e era evitada pelos motoristas. O CORREIO passou cerca de 20 minutos até conseguir retornar pelo canteiro-central.

A Codesal registrou até às 11h, desta terça-feira (26), 128 ocorrências. Foram oito alagamentos de área, 42 alagamentos de imóveis, sete ameças de desabamento, 13 ameaças de deslizamento, duas árvores caidas, três desabamentos de imóveis, sete deslizamentos de muro, quatro desabamentos parciais, 40 deslizamentos de terra, um destelhamento de imóvel, uma infiltração. Em caso de emergência, o telefone 199 deve ser acionado.

*Com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/claudia-leitte-festeja-40-anos-com-live-repleta-de-convidados/
Any Gabrielly, Léo Santana, Zaac, Hungria Hip Hop, Lore Improta, Bera e Dennis DJ estarão na festa
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/nivus-ja-rodamos-na-bahia-com-o-novo-suv-da-volkswagen/
Em vídeo, apresentamos as primeiras impressões sobre o veículo que tem piloto automático inteligente e detector de fadiga
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/depois-de-zidane-renata-fan-recebe-parabens-de-david-beckham-assista/
Ex-jogador inglês enviou mensagem que foi reproduzida no ‘Jogo Aberto’, da Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pf-cumpre-mandados-contra-quadrilha-que-fraudou-mais-de-r-4-milhoes-do-inss/
O grupo é investigado por, pelo menos, 80 benefícios previdenciários suspeitos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/5-filmes-que-voce-deve-assistir-para-apreciar-as-trilhas-de-ennio-morricone/
Compositor, que morreu aos 91 anos, era grande nome da música no cinema
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-baiano-hiran-lanca-segundo-disco-galinheiro/
Disco tem participações especiais de Tom Veloso, Majur e outros artistas
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/serie-baiana-que-revela-salvador-sombria-ja-esta-disponivel-no-amazon-prime/
Produção tem roteiro e direção de Julia Ferreira, baiana que estudou cinema em Londres e Madri
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/netos-de-luiz-gonzaga-divulgam-nota-de-nojo-por-uso-de-musica-em-live-de-bolsonaro/
Jair Bolsonaro convidou o presidente da Embratur para tocar durante a live da última quinta
Ler Mais