Chuva já parava o Iguatemi em maio de 1992

clarissa pacheco
01.03.2020, 05:00:00
Atualizado: 13.03.2020, 21:46:58

Chuva já parava o Iguatemi em maio de 1992

Cacau caiu de leve, mas congestionamento atrapalhou a vida de quem andava por ali

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Era dia 7 de maio de 1992. O período é conhecido como um dos mais chuvosos em Salvador, mas, naquele dia, nem tinha chovido tanto assim: de acordo com informações do Banco de Dados Meteorológicos para Ensino e Pesquisa (BDMEP), do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ao meio-dia, a estação pluviométrica de Ondina apontava 3,2 mm, que se transformaram em 34,6 mm nas 24 horas seguintes. Mas, acredite, este é um engarrafamento provocado pela chuva nas imediações do antigo Shopping Iguatemi - hoje Shopping da Bahia, há 28 anos.

A paisagem mudou, mas é possível ver ali o Empresarial Iguatemi à direta e a passarela que dá acesso à Rodoviária, ao fundo. Os ônibus permanecem, embora com modelos ligeiramente diferentes, enquanto os modelos dos veículos, esses sim, sofreram uma mudança radical.

Já os passageiros, naquela época, adotavam o costume que ainda hoje se vê nos maiores congestionamentos de Salvador: descer do buzu e seguir a pé para escapar do engarrafamento e não perder a hora.

Congestionamento em dia de chuva nas imediações do Iguatemi em maio de 1992
(Foto: Luiz Hermano/Arquivo CORREIO)

Nessa foto, registrada pelo fotógrafo Luiz Hermano, que fazia parte da equipe do CORREIO naquele maio de 1992, é possível ver os passageiros andando ao lado dos coletivos, enfileirados na pista da direita, sem ter para onde seguir.

Curioso é que, naquele ano, pouco choveu no mês de maio. Os dados do BDMEP/Inmet apontam que, no mês inteiro, foram registrados somente 107 mm de chuva na estação pluviométrica de Ondina, a principal de Salvador. O dia com mais chuva foi 8 de maio, dia seguinte ao registro fotográfico acima. Imagina como não ficou o Iguatemi com um volume de chuva dez vezes maior...

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas