Cinco maneiras de encontrar combustível para fazer e acontecer

bahia
25.01.2021, 21:54:00
Atualizado: 25.01.2021, 22:22:12
(Foto: Reprodução/Instagram)

Cinco maneiras de encontrar combustível para fazer e acontecer

Endocrinologista aponta que exercício de respiração e cuidados com a alimentação podem ser fundamentais

Você já foi à endocrinologista? Sabe do que se trata? Basicamente, essa é uma profissional especialista em questões relacionadas ao metabolismo, hormônios e glândulas do corpo humano. E nesta segunda (25) a live Segundou trouxe uma especialista na área, que deu dicas de como se cuidar, como se controlar contra ataques à geladeira e como tomar pequenas atitudes que podem ser fundamentais para uma qualidade de vida melhor.

A convidada de Joca Guanaes foi Alessandra Rascovski, endocrinologista, certificada em medicina mente-corpo e gerenciamento do stress. Ela trouxe algumas dicas de como ter 'Combustível para fazer e acontecer'.

Durante a pandemia, com muitas pessoas trancadas em casa, uma consequência foi o de pessoas se descuidando um pouco em relação aos hábitos alimentares, exercícios físicos e usando a comida como um subterfúgio para compensar a solidão e a sensação de confinamento. Rascovski contou que uma série de alimentos, como doces, por exemplo, são ricos em substâncias responsáveis por liberar serotonina e dopamina: hormônios ligados ao bem-estar.

No entanto, após o alimento acabar, acaba a felicidade também e assim a pessoa entra em mecanismo de vício: comendo mais, para buscar mais vezes aquela sensação de felicidade.

"O alimento tem a ver com prazer. E a armadilha está ao não ter consciência do que está fazendo. Depois de comer muito doce ou alimentos de alta carga glicêmica, a insulina sobe e cai em pico, o que dá sono. Por isso é normal pessoas que logo depois não conseguem trabalhar, ficam mais deprimidas. Aí começa a criar a bola de neve, o ciclo vicioso", explica.

Uma série de medidas pode ser tomada para encontrar um equilíbrio. Rascovski diz que gosta de meditação, por ser um freio na rotina acelerada que vive. Exercícios respiratórios também são interessantes para encontrar esse combustível no dia-a-dia pandêmico. Confira abaixo cinco dicas para pôr em prática na sua rotina:

- Meditação: 
- Exercícios de respiração: a coerência cardiorrespiratória ajuda a não se sentir tão ansioso e diminui a compulsividade. Respire fundo, inspirando e expirando calmamente por alguns minutos.
- Endocrinologista: esse é um ótimo especialista para indicar se está tudo bem com o nosso corpo. 
- Alimentação adequada 
- Cuidados com a rotina: definir bem os horários de sono, de alimentação e ter cuidado com o que comemos e quando comemos.
- Fotografia: o cérebro fica 'ativado' quando lembramos de bons momentos. Rever e fazer fotos pode ajudar a trazer motivação e colocar os hormônios da felicidade para trabalhar.

*com orientação da subeditora Tharsila Prates

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas