Cinco policiais militares já foram mortos na Bahia este ano

bahia
09.05.2022, 13:27:00
(Reprodução)

Cinco policiais militares já foram mortos na Bahia este ano

Um estava em serviço, três de folga e um já estava na reserva

Com as mortes de três policiais militares em menos de 24h, agora já são cinco PMs assassinados neste ano na Bahia. No ano passado, esse total foi de 23 policiais mortos.  Em 2020, o número de baixas na corporação foi de 13. Os dados são da Polícia Militar. 

Ainda de acordo com os números da PM, dos cinco policiais mortos neste ano, um estava em serviço, três de folga e um era da reserva. Em 2020, do total de 13, 12 PMs foram mortos em serviço. Já em 2021, do universo de 23 mortos,  oito estavam em serviço, oito de folga e sete eram da reserva.

Todas as três últimas mortes aconteceram no bairro de Águas Claras. O soldado Alexandre José Ferreira Menezes Silva, 30, levou um tiro de fuzil na cabeça quando fazia uma ronda com um outro PM, que também foi baleado, mas sobreviveu. Eles eram da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). 

Já no domingo, os soldados Shanderson e Victor Vieira Ferreira Cruz, que também  trabalhavam na 3ª CIPM, saíram do enterro de Alexandre e foram para a unidade de trabalho. Em circunstâncias ainda não esclarecidas, os dois foram emboscados a poucos metros de onde o primeiro policial foi morto. 

"Se as organizações criminosas têm a audácia de atirar contra uma viatura padronizada matando um policial e no dia seguinte, na mesma região, ceifar a vida de outros dois PMs, isso representa a falência total do estado", declarou Marcos Prisco, presidente da Associacao de Policiais e Bombeiros e de Seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra-Ba) 

A Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia  (Força Invicta) também comentou as recentes baixas na corporação. "É preocupante. Arriscamos diariamente as nossas vidas para preservar outras. Essas mortes deixam bem claro a vulnerabilidade da policia. Não temos aparato que impunha leis que inibam a criminalidade, que vem fazendo frente ao Estado, porque o policial é o Estado fardado. Não temos também equipamentos para fazer frente às organizações criminosas. Se a polícia fosse prioridade, não estaríamos agora sofrendo com essas mortes", declarou o presidente da Força Invicta, tenente-coronel Copérnico Mota da Silva.

O presidente do Sindicato dos Policias Civis da Bahia, Eustácio Lopes, também lamentou as mortes. “O governador não pode mais fechar os olhos e deitar a cabeça no travesseiro como se vivesse em Passárgada, deixando que a sociedade fique refém do crime organizado, principalmente a população que vive na periferia.  É necessário que o governador sente com os trabalhadores e estes sejam também autores do programa de Segurança Pública, quem realmente conhece", afirmou, em nota.

Sobre as duas últimas mortes na corporação, a PM divulgou uma nota. "Os soldados Shanderson e Vieira prestaram excelentes serviços à corporação nos seus três anos e nove meses dedicados à PMBA. Ambos são praças da turma de 2018 e compunham o efetivo da 3ª CIPM - Cajazeiras. O soldado Shanderson deixa esposa e o soldado Vieira deixa esposa e filho", diz nota 

O soldado Shanderson será sepultado às 16h no Cemitério Bosque da Paz. Parentes dele estiveram nesta manhã no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML). Familiares de Victor também estiveram no local para liberação do corpo, que será sepultado em Ubaitaba. Uma comitiva da PM esteve no local em solidariedade às famílias."Neste momento de dor, a Polícia Militar da Bahia se compadece dos familiares e amigos de ambos os abnegados profissionais", diz nota.

Leia a nota de pesar na íntegra:

Nota de pesar
 
É com profundo pesar que a Polícia Militar informa o falecimento dos soldados Victor Vieira Ferreira Cruz e Shanderson Lopes Ferreira, na noite deste domingo (8), em Salvador.

Os soldados Shanderson e Vieira prestaram excelentes serviços à corporação nos seus três anos e nove meses dedicados à PMBA. Ambos são praças da turma de 2018 e compunham o efetivo da 3ª CIPM - Cajazeiras. O soldado Shanderson deixa esposa e o soldado Vieira deixa esposa e filho.

O Sd PM Shanderson será sepultado às 16h00 no Cemitério Bosque da Paz, já as informações sobre o sepultamento do Sd PM Vieira Cruz estão sendo definidas pelos familiares. Neste momento de dor, a Polícia Militar da Bahia se compadece dos familiares e amigos de ambos os abnegados profissionais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas