Ciro Gomes chegou ao 'fundo do poço' com mentiras 'descaradas’, diz Dilma

brasil
13.10.2021, 15:12:29
Atualizado: 13.10.2021, 16:58:23
(RICARDO STUCKERT E JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL)

Ciro Gomes chegou ao 'fundo do poço' com mentiras 'descaradas’, diz Dilma

Pedetista disse em entrevista que Dilma destruiu economia e Lula conspirou pelo impeachment

A ex-presidente Dilma Rousseff rebateu nesta quarta-feira (13) declarações de Ciro Gomes ao petismo e afirmou que o pedetista mente " de maneira descarada". Ela disse que o cearense está no "fundo do poço" e usa ataques a Lula e ao PT para tentar melhorar sua aprovação.

Em entrevista ao Estado de S. Paulo, Ciro afirmou que tem certeza que Lula conspirou pelo impeachment de Dilma em 2016. Ele afirmou que Dilma "destruiu a economia brasileira".

“Ciro Gomes está tentando de todas as formas reagir à sua baixa aprovação popular. Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço. O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas”, escreveu Dilma nas redes sociais. 

Ciro também foi às redes depois da fala de Dilma, a quem chamou de uma das pessoas "mais incompetentes" que já conheceu. "Na vida nunca menti. Mas errei algumas vezes. Uma delas quando lutei contra o impeachment de uma das pessoas mais incompetentes, inapetentes e presunçosas que já passaram pela presidência. Claro, que estou falando de você, Dilma", adicionou. 

Depois, houve novo contraponto de Dilma. A ex-presidente acusou o pedetista de ter uma visão misógina. "Só Ciro Gomes  é competente. Este é o pecado de sua enorme presunção. Esta é a sua visão quando se trata de avaliar o resto da humanidade. Mas quando se trata de mulher, sua visão não é só inadequada, é também profundamente misógina", escreveu. Ela lamentou que Ciro se mostrasse arrependido por "ter defendido a democracia", em referência ao seu impeachment. 

Ela afirmou que Ciro se parece com Bolsonaro."Para além disso, Ciro sistematicamente distorce os fatos. E, nisso, não se difere em nada de Bolsonaro. Ambos adoram quando os alvos de suas agressões reagem. Precisam disso para obter likes e espaço na mídia. É disso que se alimentam", escreveu. Por fim, Dilma disse que iria encerrar a "polêmica estéril" e que há discussões mais importantes para o Brasil. "Lamento ter, em algum momento, dado a Ciro Gomes a minha amizade".

Impeachment e Bolsonaro
O ex-ministro e presidenciável, Ciro Gomes (PDT) afirmou, em entrevista ao O Estado de S.Paulo, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conspirou a favor do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Segundo o pedetista, o adversário do PT está fazendo alianças com os responsáveis pela saída da ex-presidente do poder.

“Estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma. Estou seguro disso por tudo que eu tinha visto lá dentro nas tratativas para impedir o impeachment e eu não compreendia”, afirmou Ciro.

Para o pedetista, Lula foi o responsável por impulsionar Jair Bolsonaro (sem partido) na corrida presidencial de 2018 ao apoiar Dilma como sua sucessora. Segundo Ciro, a ex-presidente “destruiu a economia brasileira” como “ninguém no passado histórico brasileiro”.

“Jamais acreditei que Bolsonaro teria qualquer chance, a mais remota possível e eu mordi a língua porque eu conhecia de perto o Bolsonaro. Eu não sabia que ele utilizaria de estrangeirismo aos montes com orientação dessa gente do Trump que desceu aqui, e fazer esse processo de internet que nós também não conhecíamos no Brasil”, disse o ex-ministro. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas