Citada até por Juliette, menina do 'cabelo solto de prancha' trabalha alisando fios

em alta
02.11.2021, 06:00:00
(Foto: Reprodução)

Citada até por Juliette, menina do 'cabelo solto de prancha' trabalha alisando fios

Carla Beatriz passou por transição capilar e hoje sonha em ser influencer; vídeo viralizou nas redes

Gianni Versace, Coco Chanel, Giorgio Armani e Christian Dior até tentaram, mas nenhum estilista do mundo criou um look tão marcante quanto a despretensiosa Carla Beatriz, então com 12 anos. "Eu vou usar um vestido com a blusa aqui, amarrada, com uma bota. E meu cabelo solto de prancha", anunciou a jovem ao ser perguntada sobre como se vestiria para o São João de 2012.

A criação ganhou as passarelas da internet já no dia seguinte à exibição da matéria, feita pela TV Bahia, afiliada da Globo no estado. Até hoje, nove anos depois, o vídeo dita os padrões da moda, sendo copiado por famosos como Flávia Alessandra e até citado por Juliette e João Luiz no BBB 21. Um vídeo mostrando a entrevista, com apenas seis segundos, soma mais de três milhões de visualizações no YouTube.

Carla lembra que se tornou uma celebridade instantânea. “No dia seguinte, na escola, já tinha gente pedindo para tirar foto. Pedindo para eu repetir o que tinha dito. Algumas também criticaram e falaram mal, mas eram a minoria”, diz a baiana, citando as recalcadas.

Apesar de toda a repercussão na época, uma decepção: o visual não pôde ser usado em plenitude na noite junina. “Quando fui me arrumar, já estava perto da hora de sair. Então consegui usar o vestido, a blusa e a bota. Mas o cabelo solto de prancha não deu tempo. Então saí com ele molhado e cacheado mesmo”, conta Carla, que fez transição capilar e hoje, aos 21 anos, adota o visual black power.

Sonho em ser influencer
Nove anos depois, Carla se casou e hoje é mãe de dois filhos. Já trabalhou como ajudante de gesseiro e hoje vive de bicos como manicure e alisando cabelos, mas sonha em se tornar influencer.

Nesta semana, ela abriu seu Instagram, que antes era privado, e em poucos dias já ganhou mais de 2 mil seguidores. “Acho que esse é um caminho para mudar minha história, ajudar minha mãe e toda a minha família, que está me apoiando muito. Meu marido mesmo fica repostando tudo que me marcam, comenta que eu era bem feia, mas que agora estou muito linda e maravilhosa”, brinca.

A principal dificuldade nessa nova carreira de Carla tem sido lidar com as redes. “Eu nunca fui de mexer muito nisso. E também não sei qual tipo de conteúdo postar. Algo que estou pensando em fazer é repetir o visual, mas, desta vez, com o cabelo solto de prancha”, prometeu.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas