Colégio Antônio Vieira abre fórum virtual para discutir descontos e aulas online

coronavírus
29.04.2020, 20:44:55
Atualizado: 29.04.2020, 20:56:10
Escola tem, atualmente, 3,2 mil alunos matriculados (Foto: Divulgação/ CAV)

Colégio Antônio Vieira abre fórum virtual para discutir descontos e aulas online

Encontros em tempo real entre a direção e pais representantes das turmas começam amanhã; canal vai receber as solicitações de abatimento nas mensalidades escolares

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A partir de amanhã (30), a direção do Colégio Jesuíta Antônio Vieira (CAV) vai implementar um fórum de diálogo virtual com pais representantes de cada uma das turmas para discutir tanto as solicitações de descontos nos valores das mensalidades escolares, como também as questões relacionadas ao espaço virtual de aprendizagem. 

Ainda na pauta dos encontros em tempo real estão o acompanhamento de exercícios e avaliações as medidas que precisam ser tomadas para quando forem retomadas as aulas presenciais. “São tempos realmente desafiadores para as famílias e para a escola. Aliás, para toda a sociedade. A direção do Colégio Antônio Vieira tem trabalhado com muito empenho para oferecer soluções de aprendizagem que atendam à necessidade dos estudantes nesse tempo de isolamento social”, afirma o diretor de Gestão de Pessoas, Sérgio Silveira. 

Localizado no bairro do Garcia, o Vieira tem, atualmente, 3,5 mil alunos. Apesar de não precisar qual vai ser o percentual de descontos praticado, Silveira, destaca que a análise será feita individualmente. 

“Começamos a dialogar mais intensamente por meio desse fórum. É por essa razão que o Vieira também vem acolhendo a procura de famílias que enfrentam os impactos da pandemia em seus orçamentos domésticos. Como instituição filantrópica respondemos a uma legislação rigorosa e a uma prestação de contas que precisamos respeitar. Por isso, a concessão de descontos está sendo um tema tratado caso a caso”. 

Rotina online

Para a analista de sistemas, Jamille Cardoso, a iniciativa mostra aos pais que a escola está em busca desse diálogo. Mãe de Júlia e Pedro, que cursam o 9º e 5º ano, respectivamente, ela afirma que ainda não fez nenhuma solicitação de redução da mensalidade, mas que mas não sabe como as coisas ficarão com a continuidade do isolamento. 

“Como todos foram pegos de surpresa por uma situação tão inusitada, ninguém estava preparado, e acho q, tanto os pais como a escola tiveram dificuldades de abordagem e comunicação no primeiro momento. Mas acredito que nunca seja tarde para o diálogo”, diz. 

Em casa, segundo ela, a rotina de estudos online, apesar de não se comparar as aulas presenciais está conseguindo envolver as crianças. “Eles possuem algumas aulas online por dia, e mesmo não sendo com a mesma carga horária, eu acho que mantém o vínculo e a rotina. Eu, particularmente, acho que se fosse com a mesma carga horária seria muito exaustivo por conta da não-interação física”, opina.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas