Com alta demanda, loja organiza fila para vender álcool gel

salvador
27.03.2020, 07:00:00
Atualizado: 27.03.2020, 08:05:56
Loja no bairro da pituba recebeu grande movimento

Com alta demanda, loja organiza fila para vender álcool gel

Novos lotes do produto atraíram muitos consumidores

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Durante todo o dia desta quinta-feira (26), foi registrado um grande movimento em algumas unidades da rede de varejo Le Biscuit, em Salvador. Isso porque as lojas da Pituba e da avenida Bonocô receberam um novo carregamento de álcool em gel, o que atraiu muitos compradores.

Objeto de desejo da maioria das pessoas em meio a pandemia do coronavírus, o higienizador está sendo comercializado com um preço padrão de R$ 24,99 por litro. Já o frasco com dosador, custa R$ 29,99. As embalagens de 500ml custam R$ 14,99, a comum, e R$ 19,99 com a válvula dosadora. 

A assistente social Karine Soares, de 45 anos, foi até a unidade da Rua Pernambuco, na Pituba, para comprar o álcool e reabastecer o escritório onde trabalha.

"Estava com dificuldade de achar e aí tive a informação que estava vendendo lá. Quando liguei eles estavam enchendo estoque, então corri para lá”.

Cada litro de álcool em gel estava sendo vendido por R$24,90 na embalagem comum

Ao chegar, Karina notou que a loja havia organizado um esquema de entrada dos clientes. Marcações no chão indicavam onde cada comprador deveria ficar para chegar até as caixas de álcool, o que garantia uma distância de dois metros entre eles, considerado um espaço seguro para evitar o contato mais próximo. 

Acompanhada de um colega de trabalho, ela foi avisada que era permitido apenas quatro litros por pessoa. “A gente decidiu que cada um pegaria quatro unidades. Várias outras pessoas que estavam acompanhadas resolveram fazer isso também”, lembrou. Segundo ela, que chegou por volta das 14h, a loja tinha movimento, mas sem nenhum sinal de aglomeração.

A loja estava com marcações que matinham uma distância segura entre os clientes 

 A reportagem do CORREIO também esteve no local na manhã desta quinta, 26, e notou que um segurança aplicava álcool em gel nas mãos de quem chegava para comprar. Outra funcionária da loja orientava os clientes no momento de pegar os frascos, para garantir que não pegassem mais do que o permitido. 

Segundo informações da Le Biscuit, a venda do álcool em gel acontecerá enquanto durar o estoque. As duas lojas funcionarão nesta sexta, das 9h às 18h. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas