Com curadoria de Lady Gaga, OMS fará festival de música online

em alta
06.04.2020, 16:42:00
Atualizado: 06.04.2020, 16:42:05
Lady Gaga assina a curadoria do projeto (Foto: Shutterstock/Reprodução)

Com curadoria de Lady Gaga, OMS fará festival de música online

Projeto, que arrecadará fundos para o combate ao novo coronavírus, tem no line-up artistas como Billie Eilish, Andrea Bocelli, Paul McCartney e Elton John

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) fez uma parceria com a cantora Lady Gaga e, juntos, criaram uma espécie de festival de shows online. Batizado de One World: Together At Home (Um Mundo: Juntos em Casa, em português), o projeto, que tem ainda a Instituição Global Citizen na organização, arrecadará fundos no combate o novo coronavírus.

No line-up, estão vários artistas famosos internacionalmente, como Paul McCartney, Elton John  Billie Eilish, Lizzo, Stevie Wonder, John Legend, Chris Martin (vocalista do Coldplay), Eddie Vedder (do Pearl Jam), J Balvin, Alanis Morissette, Andrea Bocelli, Billie Joe Armstrong (do Green Day), Finneas, Kacey Musgraves, Keith Urban, Lang Lang, Burna Boy e Maluma, além da própria Lady Gaga.

Evento reunirá vários artistas para arrecadar fundos para o combate à covid-19
(Foto: Reprodução)

Haverá ainda participações do ex-jogador David Beckham, do ator Idris Elba e a esposa, a modelo Sabrina Dhowre, e das atrizes Kerry Washington e Priyanka Chopra Jonas. O evento terá transmissão digital no dia 18 de abril em diversas plataformas incluindo YouTube, Facebook, Instagram e Twitter.

Segundo Gaga, os valores arrecadados serão destinados para ajudar profissionais de saúde que estão na linha de frente na luta contra a covid-19, além de instituições de caridade locais e regionais que fornecem comida, abrigo e assistência médica aos que precisam de ajuda. Ainda de acordo com a cantora, nos últimos 7 dias, a indústria do entretenimento levantou cerca de US$ 35 milhões para o fundo de solidariedade da OMS.

"A pandemia da covid-19 continua afetando pesadamente famílias, comunidades e nações do mundo inteiro. Mas também está dando origem a atos incríveis de generosidade, solidariedade e cooperação", declarou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas