Com malária, cantor Tony Salles vai precisar fazer transfusão de sangue

salvador
18.07.2017, 07:41:00
Atualizado: 18.07.2017, 10:38:01

Com malária, cantor Tony Salles vai precisar fazer transfusão de sangue

Segundo os médicos, ele se mantém comunicativo e continua com restrições de visitas; alta médica foi adiada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O cantor Tony Salles vai precisar passar por uma transfusão de sangue. Ele está internado com malária desde o dia 10 de julho no Hospital Aliança, em Salvador. O cantor contraiu a doença durante uma passagem pela África, onde se apresentou.

Tony Salles esteve na Guiné Equatorial, em junho
 
(Foto: Reprodução/Instagram)

Segundo o boletim médico, divulgado nesta segunda-feira (17), ele vem evoluindo com melhora das alterações causadas pela doença. Porém como ainda mantém anemia, foi indicada transfusão sanguínea, observação e reavaliação clínica. Ainda de acordo com os médicos, Tony se mantém comunicativo e continua com restrições de visitas.

Logo depois de ter sido internado, Tony passou a fazer um tratamento específico para a doença e, como estava apresentando melhoras, chegou a ter previsão de alta para o final de semana, entre os dias 15 e 16. Entretanto, o quadro clínico do cantor foi reavaliado e não há mais previsão para alta médica.

Na semana passada, Scheila Carvalho tranquilizou os seguidores sobre o estado de saúde do marido. "Boa noite meus amore, passando para informa-los que estou aqui do ladinho do Maridão!", escreveu ela nas redes sociais. Segundo ela, Tony fez um show no dia 25 de junho e só quando retornou o protozoário causador da doença se manifestou.

"Quero agradecer as mensagens e orações de todos! Continue mandando vibrações positivas e orando. Tudo ficará bem em nome de Jesus!", completou a dançarina no Instagram.

Tony pensou que tinha contraído uma gripe depois do show na Guiné Equatorial, mas começou a apresentar sintomas da malária com hemorragia. A doença é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Anopheles, infectada por Plasmodium. Por conta disso, a agenda de shows do cantor teve de ser cancelada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas