Com novo técnico, Vitória pega o Manaus e busca os primeiros pontos na Série C

e.c. vitória
30.04.2022, 05:05:00
Fabiano Soares passa instrução a Dionísio, que deve ser um dos titulares contra o Manaus (Pietro Carpi/EC Vitória)

Com novo técnico, Vitória pega o Manaus e busca os primeiros pontos na Série C

Treinador Fabiano Soares tem a missão de conquistar os primeiros pontos do Leão na competição

Mais uma vez, o Vitória começou o Campeonato Brasileiro muito aquém do esperado. Agora pela Série C, são três derrotas em três jogos, um registro não só negativo como histórico: é o pior começo do time em qualquer uma das divisões nacionais.

Na tentativa de acabar com a péssima fase, o rubro-negro mudou seu comando técnico: demitiu Geninho e contratou Fabiano Soares. Agora, é a hora da estreia do treinador. O primeiro compromisso é neste sábado (30), a partir das 19h, diante do Manaus, no Barradão.

O Vitória chega para a rodada dentro da zona de rebaixamento, no 18º lugar, sem qualquer ponto somado. Já o rival ocupa a 4ª colocação, com sete pontos ganhos. Vale lembrar que, de acordo com o regulamento da Série C, os oito melhores posicionados ao fim de 19 rodadas avançam para a segunda fase, e os quarto últimos caem para a Série D. Por isso, começar a vencer é algo urgente.

Até aqui, o Leão fez apenas um jogo no Barradão e decepcionou. Teve um jogador a mais desde os 36 minutos do primeiro tempo contra o Floresta - quando Perema, zagueiro rival, foi expulso - e não conseguiu marcar. Pior: ainda viu Fábio Alves acertar um golaço de falta e acabou derrotado por 1x0.

O resultado ruim rendeu vaias e protestos da torcida. Na entrevista coletiva de apresentação, na última terça-feira (26), Fabiano Soares preferiu não fazer pedidos ao torcedor. “Nós é que temos que oferecer. Vamos jogar com a cara do Vitória, pois sempre que vim jogar aqui era complicado. Vamos pouco a pouco reverter e trazer vitórias para que os torcedores voltem com alegria ao nosso estádio”, pontuou.

Depois, o comandante acrescentou. “Quando alguma equipe vier jogar aqui, vai ser complicado ganhar algum jogo. Vamos ter as ideias claras e a forma de jogar. Estou seguro que vamos começar a ganhar a partir de sábado”.

Apesar da confiança, o novo técnico terá desfalques para enfrentar o Manaus. Os zagueiros Mateus Moraes, Rafael Ribeiro e Ewerton Páscoa estão vetados pelo departamento médico do clube. 

Com as ausências, a expectativa era que Héctor Urrego fizesse sua estreia com a camisa vermelha e preta, mas o colombiano ainda não foi regularizado e fica de fora. Assim, a dupla de zaga deve ser formada com Alan Santos, improvisado, e Marco Antônio.

Quem também não está à disposição é o lateral esquerdo Guilherme Lazaroni, que foi expulso na derrota por 2x1 contra o Ypiranga-RS e cumpre suspensão. Assim, Sanchez, já regularizado, vai estrear pelo rubro-negro.

Outra novidade estará no ataque. Guilherme Queiroz treinou entre os titulares com o técnico recém-chegado e deve receber nova chance. A última vez que ele entrou em campo foi há 45 dias, na vitória por 2x1 sobre o Bahia de Feira, pelo Campeonato Baiano. Na época, o time ainda era treinado por Dado Cavalcanti.

Adversário com problemas
Do lado do Manaus, também há desfalques. O principal deles é Alvinho, artilheiro do time na temporada com sete gols, vetado por desconforto muscular. Outras ausências são o atacante Neto Costa e o meia Palmares. 

Por outro lado, o Gavião terá o retorno do lateral esquerdo Rafael Rosa e do volante Rogério, recuperados de lesão. Técnico da equipe, Evaristo Piza analisou o duelo e pregou cautela. 

“Eu sei do peso que vai ser esse jogo, sei a pressão que deve estar sendo para a equipe adversária [Vitória]. Assumiu treinador, a cobrança dos torcedores também potencializa os jogadores a correrem mais”, disse.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas