Com novos aviões, Esquadrilha da Fumaça fará acrobacias inéditas

salvador
13.07.2018, 19:48:00
Atualizado: 13.07.2018, 20:10:02
(Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

Com novos aviões, Esquadrilha da Fumaça fará acrobacias inéditas

Show será nesse sábado (14), às 16h, no Farol da Barra

Salvador vai receber nesse sábado (14) o show de acrobacias da Esquadrilha da Fumaça. A apresentação na capital baiana abre o circuito de demonstrações aéreas do grupo em 12 cidades das regiões Norte e Nordeste do país, que vão acontecer até o próximo dia 30. Em Salvador, o público vai poder acompanhar a apresentação no Farol da Barra, às 16h.

“A Esquadrilha da Fumaça emociona bastante o público. Além da própria aeronave, que é nova e tem a nossa bandeira estampada na cauda, tem as acrobacias, que são a marca da Esquadrilha”, diz o capitão aviador Glauber Lage Moreira Claver Silva. Na Bahia, a cidade de Barreiras também participará do circuito de demonstrações aéreas. A apresentação no município está agendada para o dia 29.

O capitão aviador Glauber Silva comanda o grupo (Foto: Almiro Lopes/ CORREIO)

A apresentação da Esquadrilha não desperta sonhos só de quem assiste, mas realiza sonhos dos pilotos. “Desde que me entendo por gente, eu sempre quis pilotar avião. Entrar na Esquadrilha da Fumaça era um sonho muito distante que eu tinha. Há 2 anos consegui realizar esse sonho de infância”, conta o capitão aviador Pedro Augusto Esteves. Ele está na Força Aérea há 17 anos - dois deles na Esquadrilha. 

“Já é uma longa trajetória. Sinto um orgulho muito grande. Tenho oportunidade de viajar muito, de conhecer muitos lugares. Já estive em Salvador, mas com a Esquadrilha da Fumaça é a primeira vez. Espero que muita gente vá curtir e aproveitar esse momento com a gente”, diz o capitão Esteves.  A última visita da Esquadrilha da Fumaça à capital baiana foi em 2012.

Show
A demonstração da Fumaça tem duração média de 35 minutos e conta com cerca de 50 acrobacias. No total, sete pilotos em sete aviões vão fazer as piruetas no céu soteropolitano. A equipe da Esquadrilha conta com 45 oficiais, entre pilotos, médico, equipe de manutenção e de relações públicas.

Sete pilotos vão apresentar os novos aviões, do modelo Super Tucano A-29, que têm pintura com as cores vibrantes da Bandeira do Brasil. A apresentação é inédita em Salvador, já que houve modificação da apresentação possibilitada pela troca da aeronave. 

O Super Tucano A-29 leva as cores da bandeira brasileira (Foto: Almiro Lopes/ CORREIO)

“Estamos com uma aeronave que é nova, que está desde 2005 na Força Aérea. É mais atualizada em termos de tecnologias de aviônicos e instrumentação e tem potencialidade muito maior, o que facilita a navegação aérea e trouxe possibilidade de acrobacias que a gente não fazia antes”, conta o capitão Glauber. 

O evento conta com o apoio da Empresa Salvador Turismo (Saltur), da Guarda Civil Municipal, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

História
O Super Tucano A-29 é a quinta aeronave adotada na história da instituição. Fabricado pela Embraer, o avião já cumpria missões de defesa aérea, treinamento avançado, ataque leve, escolta, patrulha aérea de combate e formação de líderes da aviação de caça na Força Aérea Brasileira (FAB).

Sete pilotos estarão à frente dos aviões Tucano (Foto: Almiro Lopes/CORREIO)

A Esquadrilha da Fumaça é um intrumento de divulgação da FAB com mais de 66 anos de existência e mais de 3.800 demonstrações no Brasil e em 21 países. Manobras exclusivas a destacam das demais esquadrilhas do mundo, como o voo invertido em formação, considerada uma das manobras mais difíceis pelos pilotos.

Quem compõe a esquadrilha precisa ter experiência mínima de 80 horas de voo para se candidatar e passa por um processo seletivo que acontece anualmente. 

* Com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier