Com quatro expulsos, Bahia tem desfalques para pegar o Atlético

e.c. bahia
17.10.2020, 14:00:00
Rossi em lance com Douglas durante treino; atacante vai desfalcar o Bahia contra o Atlético-MG (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Com quatro expulsos, Bahia tem desfalques para pegar o Atlético

Principal problema tricolor está no ataque

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia não vai ter muito tempo para assimilar o empate por 1x1 com o Goiás, na noite de sexta-feira (16), no estádio da Serrinha, em Goiânia. Na próxima segunda (19), o Esquadrão tem um novo compromisso pelo Brasileirão, contra o Atlético-MG, em Pituaçu. E o tricolor tem problemas para montar o time.

O Bahia teve quatro expulsos diante do Goiás. Por reclamação, Élber levou o cartão vermelho direto. Já Rossi saiu de campo chutando as garrafas que estavam na beira do gramado ao ser substituído, levou o segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho.

Com dois pontas suspensos, Mano Menezes vai ter problemas para manter o esquema com três atacantes. Uma alternativa no setor é Fessin, autor do gol de empate contra o Goiás e que vem sendo utilizado pelo treinador durante as partidas. Marco Antônio e Alesson também disputam a posição. Clayson tem vaga garantida.

Na defesa, Ernando pode ser a novidade. Ele desfalcou o time em Goiânia devido a uma contusão muscular. 

O Bahia também vai ter desfalques fora de campo. Mano Menezes foi expulso ao final da partida e não poderá comandar o time contra o Atlético-MG. Auxiliar direto de Mano, Sidnei Lobo completa a lista dos suspensos. Ele também recebeu o cartão vermelho por reclamação. Sem eles, a tendência é que Claudinho Prates seja o treinador no jogo de segunda-feira.

Na 16ª colocação e com os mesmos 16 pontos do Coritiba, primeiro time na zona de rebaixamento, o Bahia pode voltar ao Z4 já neste sábado, quando será aberta a 17ª rodada do Brasileirão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas