Com Rossi e Gilberto, Bahia terá sua dupla mais goleadora contra Grêmio

e.c. bahia
25.11.2021, 05:00:00
Rossi e Gilberto lideram números de gols e assistências no Bahia em 2021 (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Com Rossi e Gilberto, Bahia terá sua dupla mais goleadora contra Grêmio

Juntos, atacantes participaram de 53% dos gols do Esquadrão na temporada

Em momento delicado no Campeonato Brasileiro, o Bahia não tem outra saída a não ser vencer o confronto direto com o Grêmio, amanhã, às 19h, na Arena Fonte Nova, em duelo antecipado da 36ª rodada. Diante de um confronto decisivo, nada melhor do que contar com jogadores que costumam decidir quando a situação aperta. 

Nesse cenário, o desfalque que o tricolor ganhou para pegar o Grêmio pode servir de alento. Sem Juninho Capixaba - suspenso pelo terceiro cartão amarelo e impedido de atuar por estar no Esquadrão emprestado pelo clube gaúcho -, Guto Ferreira vai ser obrigado a mudar o ataque, e a tendência é que a equipe passe a contar com a sua principal dupla ofensiva.

A saída de Capixaba abre espaço para que Rossi volte a ser titular. A última vez que o camisa 7 iniciou uma partida foi na vitória sobre o Fortaleza, por 4x2, na última rodada do primeiro turno. Naquele jogo, o atacante sofreu uma lesão muscular e ficou mais de dois meses longe dos gramados. O retorno aconteceu no triunfo de 1x0 sobre o São Paulo, na Fonte Nova, quando ele entrou no segundo tempo e marcou o único gol da partida. 

Caso seja mesmo o escolhido para entrar na vaga de Capixaba, Rossi vai reeditar com Gilberto uma parceria que tem sido muito positiva para o tricolor em 2021. Entre gols e assistências, a dupla teve participação direta em 48 dos 90 gols que o Bahia anotou na atual temporada. O número representa 53,3% das bolas que o time mandou para as redes rivais.

De volta após cumprir suspensão no empate em 0x0 com o Cuiabá, Gilberto lidera quando o assunto é marcar os gols. O atacante já tem 23 no ano, sendo 12 deles na Série A, o que o coloca como o terceiro maior goleador do Brasileirão. O camisa 9 deu ainda sete assistências, quesito no qual é o segundo do elenco. Ele fica atrás justamente de Rossi.

Se na primeira temporada Rossi não teve o brilho que os tricolores esperavam, em 2021 ele vive boa fase. O atacante lidera em número de assistências, com 10 passes para gols. Ele marcou ainda oito vezes e aparece como terceiro artilheiro do clube, atrás de Gilberto e também de Rodriguinho, que tem nove. 

Na hora certa
Por falar em gols, as prováveis entradas de Rossi e Gilberto na equipe titular acontecem no momento em que o Bahia mais precisa. O tricolor vive seca de gols no Brasileirão e não marca há três rodadas. Contra o Cuiabá, o colombiano Hugo Rodallega recebeu a missão de ser a referência no ataque e passou em branco, assim como todo o time no empate de 0x0.

A situação é tão ruim que, no momento, o Bahia tem o pior ataque entre os 20 clubes da Série A no segundo turno. Em 14 partidas, o time balançou as redes somente nove vezes. Na análise do meia Daniel, o elenco precisa aproveitar a semana de treinos para corrigir erros e fazer um bom jogo contra o Grêmio.

“Ver vídeos, ver onde a gente está errando. Colocar tudo em prática dentro de campo. Muita união, muito foco, personalidade, que é muito importante nesse momento agora. Só desse jeito vamos ajudar o Bahia a sair dessa situação”, avaliou o meia, nome certo no meio de campo amanhã.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas