Comprovante de vacina: PM vai reforçar fiscalização na entrada de espaços culturais

bahia
19.01.2022, 15:20:00
(Divulgação)

Comprovante de vacina: PM vai reforçar fiscalização na entrada de espaços culturais

Relatando ameaças a agentes, Secult pediu ajuda; quem forçar entrada pode ser levado à delegacia

Quem forçar a entrada em espaços culturais sem apresentar comprovante de vacina será levado à delegacia, informou nesta quarta-feira (19) a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP). A decisão foi tomada em uma reunião no final da manhã entre os secretários da SSP, Ricardo Mandarino, e da Cultura, Arany Santana.

A SSP designou equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil para fazer o acompanhamento da cobrança em relação ao decreto nº 21.027, que é o que determina apresentação do comprovante de vacina para entrar em espaços públicos, incluindo aí os culturais.

“Não vamos tolerar esse tipo de postura, de desrespeito. Vamos atuar junto com a Secult, que vai manter a SSP informada sobre o calendário dos eventos para que sempre haja equipes de plantão prontas para atuar, no caso de necessidade”, diz Mandarino.

A secretária de Cultura repassou relatos de agentes que conferem o comprovante de vacinação nos espaços. Ela disse que já houve casos de ameaça por parte de pessoas que não se vacinaram, mas querem entrar nos locais que exigem comprovante. 

“As pessoas precisam ter em mente que a determinação do governador visa a salvar vidas. Nós vamos fazer cumprir de qualquer forma e, a partir de agora, com o apoio da SSP, a quem agradeço de antemão”, diz Arany.

Presentes na reunião, o comandante geral da Polícia Militar, Paulo Coutinho, e a delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, também anunciaram medidas. Além da disponibilização de equipes da PM específicas para atuarem nos dias de eventos nas praças sob responsabilidade da Secult no Centro Histórico, a Polícia Civil vai manter a Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) em regime de plantão nesses dias para encaminhamento de conduzidos e formalização na unidade judiciária.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas