Confira lista dos selecionados para final de modelos não agenciados do AFD 2017

bazar
26.10.2017, 14:44:28
Atualizado: 30.01.2019, 14:21:47
(Jardim 634/Divulgação)

Confira lista dos selecionados para final de modelos não agenciados do AFD 2017

Jovens disputarão na próxima segunda-feira (30) oportunidade para desfilar na passarela do Afro Fashion Day

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Saiu a lista de finalistas da seletiva de modelos não agenciados que desfilarão no dia 18 de novembro, no Afro Fashion Day, projeto realizado pelo jornal CORREIO para celebrar o mês da consciência negra. A grande final será realizada na próxima segunda-feira (30), às 18h, no Teatro do Goethe-Institut (Av. Sete de Setembro, 1809 – Corredor da Vitória). O evento é para convidados.

Participarão da seleção 31 jovens que se destacaram nas cinco etapas iniciais. Os vencedores serão escolhidos por um júri especializado e vão ganhar um lugar na passarela do evento e ensaio fotográfico com o estúdio Cláudio Colavolpe. “Além dos técnicos, como caminhar e ter postura, os critérios para a escolha final passam pela personalidade do candidato, já que o Afro Fashion Day prima pela valorização da identidade e diversidade. Estamos procurando gente com atitude”, explica Fagner Bispo, produtor do desfile.

Os selecionados foram: Ana Carina, Antônio Carlos Conceição, Ayala Ferreira, Briana Santos, Cleiton de Assis Santos, Daniel Estrela, Debora Leticia, Diana Silva, Emille Souza Neves Luz, Evandison Salvador, Gisele Brito, Gleice Santos, Helena Carolina Conceição Santos, Ivan Lima, Jadson Palma, Jaqueline Sabino, João Pedro Lima, João Victor Ferreira da Silva, Katarina Fernanda, Laís Costa de Melo Pereira, Larissa Araújo de Jesus Soares, Laura Lopes, Leonel Simões, Luan Matos, Luciana Dantas Santos, Luciana Silva Santos, Monique Menezes, Rafael Costa Santos, Rafaela Almeida, Rosane Santos da Anunciação, Yulli Neves da Silva.

Seletiva de modelos não agenciados aconteceu em cinco bairros de Salvador (Fotos: Angeluci Figueiredo)

Para Fábio Góis, gerente de marketing e mídias digitais do CORREIO, as seletivas de modelos em bairros para o Afro Fashion Day 2017 vem enriquecer um projeto que sempre esteve próximo das comunidades e das pessoas de Salvador. “Ele fortalece o papel de protagonista do jornal Correio, criando novas relações com o seu leitor, com a sociedade. Colocando em evidencia a beleza local, a cultura e a atitude do soteropolitano, do baiano. Então é uma iniciativa quem vem a somar e fortalecer um projeto que cresce a cada ano”.

Segundo Roberto Gazzi, diretor executivo do jornal Correio, participar da seletiva é uma oportunidade única para estes modelos, sobretudo para aqueles que pensavam isso como algo inimaginável em suas vidas, se não fosse o evento.  “O AFD tem essa característica de agregar consciência e importância a data 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, e as comemorações do mês. Empodera ainda mais a população negra de Salvador, que é a cidade com uma das maiores comunidades negras do Brasil. O Afro Fashion Day busca dar oportunidade e visibilidade para as pessoas que são envolvidas nesse universo de produção da moda. Se eu fosse modelo, gostaria muito de participar de uma seletiva como essa e ir no evento”. 

Primeira etapa aconteceu na sede do bloco Ilê Aiyê  

Seletivas
Em sua terceira edição, o Afro Fashion Day abriu espaço para jovens baianos concorrerem a vagas em sua passarela. As seletivas aconteceram em cinco bairros da cidade e receberam mais de 500 inscrições de pessoas de várias localidades, inclusive do interior do estado. A equipe do evento começou as seletivas em 23 de agosto, na sede do Ilê Aiyê, no Curuzu. De lá seguiu, no dia 5 de setembro, para a sede da Fábrica Cultural, instituição presidida pela cantora Margareth Menezes, no Bonfim. As outras etapas foram realizadas em 20 de setembro, no Restaurante Villa Bahiana, em Itapuã; em 4 de outubro, no Shopping Cajazeiras, e em 10 de outubro no Centro Cultural Plataforma. As inscrições para cada etapa foram feitas no site do evento: www.afrofashionday.com.br.

Sobre o Afro
Criado em 2015 pelo jornal Correio para celebrar o Dia da Consciência Negra, o Afro Fashion Day teve suas duas primeiras edições realizadas na Cruz Caída, monumento localizado no Centro Histórico de Salvador. Esse ano, o desfile coletivo acontecerá no Porto Salvador Eventos, no Comércio. Além da mudança de local, o evento também terá outra data: será na data 18 de novembro, um sábado. A passarela será montada no segundo piso do espaço, mas o Afro estará em todos os ambientes, através de exposição de moda, loja colaborativa, bate-papos e manifestações culturais que ocorrerão ao longo do dia, das 10h às 20h.

Esse ano, o evento terá como tema os quatro elementos da natureza, que ganharão cenografia inspirada no triângulo, marca do AFD desde sua criação. A produção de moda será mais uma vez assinada por Fagner Bispo e a beleza por Dino Neto e equipe. Serão cerca de 100 pessoas na passarela, entre modelos e convidados, todos celebrando a cultura afro-baiana representada pelas 36 marcas de roupas e acessórios, entre veteranas e novas no evento.

São elas: Carol Barreto, Crioula, Jeferson Ribeiro, Karol Farias, Madá Negrif, Meninos Rei, Tempt, Aládio Marques, Black Atitude, Com Amor Dora, Ícaro Samarato, Casalinda, Luciana Galeão, Porto de Biquíni, inCid, Closet Clothing, João Damapeju, Jorge Nascimento, Katuka Africanidades, Mônica Anjos, Soudam, Adriana Meira, Cindy Biquíni, Goya Lopes, Moringa, NBlack, Rey Vilas Boas, Boutique Negralá, By Aninha, Cândida Specht, Soul Dila, Erika Ringaud, Kelba Varjão, Sou Diva, Outerelas, Preta Brasil, Turbanques, Sonbrille e marca de bonecas NegaFulô.

 O Afro Fashion Day é realizado pelo jornal Correio, com apoio institucional da Prefeitura de Salvador e apoio do Senac e Calçados Beira Rio.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas