Confira mapa de locais atingidos por mancha de óleo na Bahia

salvador
23.10.2019, 05:15:00
Atualizado: 06.11.2019, 15:49:07
Trabalhadores limpam praia da Pituba (Arisson Marinho/CORREIO)

Confira mapa de locais atingidos por mancha de óleo na Bahia

Segundo a Limpurb, foram atingidas 15 praias de Salvador até o momento

O avanço da mancha de óleo que atingiu o litoral do Nordeste continua na Bahia. Nesta quarta-feira (06), a mancha de óleo chegou a Mucuri, no Extremo Sul do estado, a última cidade antes do Espírito Santo. Se atingido, o estado será o primeiro fora do nordeste a ser oleado.

Antes, o petróleo cru havia atingido novamente às praias do sul do estado. No dia 22 de outubro, foram atingidas quatro praias no município de Cairu. Com os resíduos, a Segunda e Terceira Praia, em Morro de São Paulo, e as orlas de Garapuá e Boipeba foram interditadas para os banhistas. Por volta das 12h30, os locais foram liberados.

Na Bahia, já são cerca de 800 toneladas de óleo retidas em um esforço conjunto do estado, federação, municípios e voluntários, segundo o Instituto Do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. As primeiras praias afetadas no estado estão no Litoral Norte, onde os resíduos chegaram após passar pela costa sergipana.

Confira números do desastre ambiental

Municípios atingidos na Bahia 27
Quantidade de óleo retirado na Bahia Mais de 350 toneladas
Municípios atingidos no Nordeste 98
Localidades atingidas no Nordeste 286
Quantidade de óleo retirada no Nordeste 3.647 toneladas

Veja o que fazer caso encontre manchas de óleo:


1) Evite ir à praia, nadar ou praticar esportes aquáticos nas regiões afetadas;  

2) Se encontrar algum animal ferido ou em contato com óleo, ligue para Polícia Ambiental (190) ou Guarda Civil Municipal (3202-5312); 

3) Agentes de limpeza da Prefeitura estão de plantão 24h em todas as praias de Salvador. Disque 156 para acionar o serviço;

4) Em caso de reação alérgica ao toque ou ingestão do óleo, procure uma unidade básica de saúde.

Operação na capital
A Limpurb conta com uma equipe de 75 agentes de operações especiais, mais dois agentes de coleta, em regime de plantão 24h, realizando o monitoramento de todas as praias de Salvador. Três caminhões e um munck (veículo com guindaste) estão à disposição para auxiliar na operação.

Para a retirada do material, as equipes seguem o protocolo determinado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), sendo o resíduo coletado com um equipamento chamado ancinho, uma espécie de vassoura metálica, depois colocado em recipiente plástico para armazenamento temporário, com impermeabilização de solo, e posterior encaminhamento para unidade de análise e tratamento do material, de responsabilidade do Instituto.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cena-de-terror-diz-jovem-que-salvou-irma-de-ser-atingida-por-predio-em-narandiba/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lore-improta-e-taby-lancam-nova-musica-pipoca-veja-clipe/
O balé da produção é composto por crianças da periferia de Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vanessa-da-mata-faz-show-de-novo-disco-na-concha-acustica/
Apresentação acontece neste domingo (26), às 19h, e também relembra sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-esperar-de-regina-duarte/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/terceira-temporada-do-mundo-sombrio-de-sabrina-estreia-hoje/
Com apenas oito episódios, essa é a menor temporada da série produzida pela Netflix
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/testemunhas-relatam-panico-em-acao-policial-na-vasco-da-gama-barulho-muito-forte/
Um assaltante morreu e um idoso foi baleado nas costas nesta quinta (23)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/e-um-furacao-video-de-mulher-narrando-tempestade-em-baianes-viraliza/
'Que disgraça... Acho isso massa', comenta cinegrafista amadora; assista
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dois-predios-sao-demolidos-apos-desabamento-em-narandiba/