Conheça 7 vinhos ótimos para o inverno

paula theotonio
03.07.2022, 07:00:00

Conheça 7 vinhos ótimos para o inverno

O tempo chuvoso e as temperaturas mais baixas são convites irrecusáveis a uma boa taça de vinho. Principalmente os tintos mais encorpados, que podem parecer pesados no alto verão. 

Mas um tinto só não faz inverno: espumantes, brancos e rosés mais estruturados, com algum amadurecimento (seja nas borras ou em madeira), também têm seu charme nessa época.

Além dessas características, que permitem a harmonização com receitas mais quentinhas, um bom rótulo para o inverno deve ter um teor alcoólico um pouco mais elevado. Isso porque o efeito termogênico da bebida fica mais presente quando ela passa dos 13% de álcool, aquecendo um pouco mais o corpo. 

Porém, se você gosta de adicionar uma pimentinha nos acompanhamentos, mantenha o teor da bebida entre 13% e 14%. A interação entre álcool e pimenta aumenta a sensação de ardência no paladar. 

Confira algumas dicas de bons vinhos para o inverno:

Casa Valduga Terroir Chardonnay 2021 (R$ 90 no site da Casa Valduga): É aromático e com aromas de abacaxi e frutas frescas, como maçã e pera. Na boca é untuoso e fresco, como um bom Chardonnay sem estágio em barricas. Um branco seco com 13,5% de álcool e que faz excelente companhia para um Fondue de Queijo.

Arteviva Juju Rosé (R$ 133 na Vyno) — Rico em aromas de frutas vermelhas maduras e um sutil toque defumado, Juju é um rosé encorpado e intenso, com 13,5% de teor alcoólico. É elaborado a partir de um corte de Marselan com estágio parcial em barricas de Jequitibá rosa; e Chardonnay e riesling que fermentaram e maturaram em carvalho francês. Ideal para acompanhar uma tábua de frios com charcutarias e queijos diversos. 

Família Schroeder Saurus Pinot Noir Patagonia (R$ 105,90 nas lojas físicas da Decanter) — Sim, tem Pinot Noir na lista! Este aqui tem 13,5% de álcool, aromas de flores e de frutas vermelhas, com notas de baunilha e cacau. Com seus taninos leves e boa acidez, pode ser uma boa companhia para uma receita de Ovos no Purgatório (também chamados de Shakshuka ou Ovos Rancheiros).

Ricossa Barbera D’Asti 2019 (R$ 112,90 na Grand Cru) — Este Barbera de 13,5% de álcool tem aromas de frutas vermelhas e leve nuance de especiarias, taninos médios e boa acidez. Harmonize com uma Lasanha à Bolonhesa, Pasta Alla Puttanesca e massas em geral que levem bastante molho vermelho. 

Quadrifolia Douro Tinto 2019 (R$ 121,90 na Grand Cru) — Feito com as uvas Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Sousão de vinhas com mais de 30 anos, é um tinto de boa acidez, macio e redondo, com 13,5% de álcool. Harmonize com um bom caldo verde.

Audace Lágrimas do Poeta Marselan Petit Verdot 2020 (R$ 189 na loja oficial da Audace) — Encorpado e equilibrado, é uma ótima pedida para acompanhar uma carne ensopada como o Cozido, uma polenta com ragu de costela ou um caldo de vaca atolada. Tem 13% de álcool.

BenMarco Malbec da Susana Balbo (R$ 105 na Via Vini Vinhos): Tem aqueles aromas inconfundíveis de frutas negras e especiarias. Em boca traz notas de violetas, acidez marcada, taninos firmes e longo final. Tem 14% de álcool. Harmonize com dois clássicos de inverno: Fondue de Carne e Filé Mignon ao Vinho com Aligot. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas