Contra o Vasco, Bahia tenta derrubar o último invicto da Série B

e.c. bahia
14.05.2022, 05:00:00
Ataque do Bahia balançou as redes nove vezes em seis jogos do Brasileirão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Contra o Vasco, Bahia tenta derrubar o último invicto da Série B

Tricolor aposta no ataque para vencer o time carioca

Líder da Série B, o Bahia tem uma missão importante neste domingo. O Esquadrão tentará derrubar o último invicto do campeonato, o Vasco, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

O time carioca ainda não perdeu na competição. Em seis partidas até o momento, foram duas vitórias e quatro empates, campanha que deixa o cruzmaltino fora da zona de classificação - iniciou esta 7ª rodada em 5º lugar.

Para conseguir o triunfo fora de casa, o Bahia aposta em dois fatores que têm feito a diferença para a equipe se manter no topo: a força do ataque e a solidez defensiva. Até aqui, o tricolor é o dono do melhor sistema ofensivo do torneio. 

O time marcou nove gols em seis partidas, uma média de 1,5 gol por jogo. Apesar de ainda não contar com o artilheiro Hugo Rodalega, que se recupera do estiramento muscular que sofreu na coxa durante a partida contra o Cruzeiro, na estreia da Série B, o tricolor confia que os seus homens de frente vão estar com o pé calibrado para balançar as redes alvinegras.

Se o ataque vai bem, a defesa também colhe elogios. O Bahia foi vazado apenas duas vezes nos seis primeiros jogos do Brasileirão: no empate por 1x1 com o CSA e na derrota para o Ituano por 1x0. O bom encaixe na defesa, aliás, é uma das marcas dos trabalhos desenvolvidos pelo técnico Guto Ferreira. 

Seguem fora
Além do colombiano Rodallega, o Bahia tem outros dois desfalques importantes para o duelo no Rio de Janeiro. O meia Lucas Mugni e o atacante Raí seguem em fase de recuperação de suas lesões e ainda não foram liberados pelo departamento médico. 

Enquanto o argentino sofreu lesão de grau 2 na coxa e está na fase de transição para o campo, Raí passou por cirurgia na mão. Ele fraturou dois ossos durante o jogo contra o Ituano. O departamento médico do Bahia não deu prazo para o retorno do jogador aos gramados.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas