Coreia do Norte ameaça testar bomba h e Trump chama Kim de louco

mundo
22.09.2017, 09:25:00
(AFP)

Coreia do Norte ameaça testar bomba h e Trump chama Kim de louco

Ação é resposta prometida por Kim Jong-un à ameaça de Trump na ONU

O ministro de Relações Exteriores da Coreia do Norte, Ri Yong-ho, disse nesta sexta-feira (22) que o país poderia testar uma bomba nuclear de hidrogênio no Oceano Pacífico, ação que faz parte da resposta de "alto nível" prometida pelo presidente Kim Jong-un às ameaças dos Estados Unidos.

"Poderá ser a mais poderosa detonação de uma bomba H no Pacífico", disse o chanceler à imprensa da Coreia do Sul num hotel em Nova York, onde participa da Assembleia-Geral da ONU.

As declarações foram dadas em uma resposta sobre a mensagem do líder norte-coreano publicadas pouco antes. Kim Jong-un afirmou em comunicado divulgado pela agência de notícias estatal KCNA que Trump pagará muito caro por seu "excêntrico" discurso na ONU, no qual ameaçou "destruir totalmente" a Coreia do Norte.

O chefe da diplomacia norte-coreana acrescentou que, de qualquer modo, as medidas precisam ser ordenadas por Kim Jong-un, segundo as declarações divulgadas pela agência sul-coreana Yonhap.

No comunicado divulgado pela KCNA mais cedo, o líder disse que Trump insultou a Coreia do Norte e que teria uma resposta à altura. Além disso, Kim Jong-un chamou o presidente americano de "senil" e afirmou que o republicano é "mentalmente perturbado"

Em discurso na Assembleia-Geral da ONU na última terça-feira (19), Trump alertou que, se os Estados Unidos forem forçados a se defenderem ou a um de se seus aliados, não restará opção a não ser "destruir totalmente a Coreia do Norte".

No Twitter, Trump chama Kim Jong-un de "louco"

Em resposta à declaração, o presidente dos EUA, Donald Trump, chamou o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, de "louco" em mensagem postada nesta manhã em seu perfil do Twitter.

Segundo Trump, Kim é "obviamente, um maluco que não se importa de fazer seu povo morrer de fome ou de matá-lo" e ele "será testado como nunca antes!".

Usando tom semelhante ontem, o líder norte-coreano qualificou Trump de "desequilibrado" em comunicado divulgado pela agência de notícias estatal. Na mensagem, Kim afirmou que Trump "pagará caro" por ter ameaçado destruir a Coreia do Norte durante discurso esta semana na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas