Coronavírus: ACM Neto assina decreto fechando escolas municipais e particulares por 15 dias

salvador
16.03.2020, 11:05:55
Atualizado: 16.03.2020, 12:22:57
(Foto: Eduardo Dias/CORREIO)

Coronavírus: ACM Neto assina decreto fechando escolas municipais e particulares por 15 dias

Decreto sairá em edição extra do Diário Oficial do Município 

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou nesta segunda-feira (16) seis novas medidas de combate ao avanço do coronavírus na capital baiana. O decreto de novas ações sairá em edição extra do Diário Oficial do Município desta segunda. Dentre as medidas está a suspensão por 15 dias, a partir de quarta-feira (18), das aulas da rede municipal e particular da cidade. Segundo o prefeito, ao menos uma alimentação reforçada será garatinda aos estudantes. Mais detalhes serão dados até quarta-feira.

No último sábado (14), ACM Neto já havia anunciado outras ações contra o coronavírus, como a proibição, por tempo indeterminado, de qualquer evento ou atividade para mais de 500 pessoas na cidade, que já vale a partir desta segunda, e o impedimento de viagens internacionais para servidores da Prefeitura. Além disso, aqueles colaboradores que estejam retornando de viagens internacionais da Europa, China, Irã ou EUA devem fazer o teste para o coronavírus e permanecer em isolamento residencial por sete dias.

"Existem muitas dúvidas sobre o coronavírus. Mas, uma coisa é consensual: quem conseguiu evitar a proliferação do coronavírus com mais êxito, a exemplo da Coréia do Sul, foram aqueles países que se anteciparam, que adotaram medidas restritivas antes dos outros. Claro que essas medidas que estamos tomando agora mexe no dia a dia das pessoas. Mas, entendemos que esse é um momento que exige total atenção e o máximo de precaução. Vamos antecipar as decisões para evitar que o cenário se agrave", explicou ACM Neto. 

O prefeito afirmou que "Salvador não vai esperar que a situação se agrave".

"Vamos antecipar ações com sobriedade, serenidade e equilíbrio, sem gerar pânico. Isso vai fazer com que a cidade se prepare melhor e possa evitar essa explosão do número de casos do coronavírus", salientou o prefeito, que reforçou o pedido para que os soteropolitanos evitem viajar (principalmente para fora do país).

"Quanto menos as pessoas circularem, principalmente aqueles que fazem parte do grupo de risco, como os idosos, melhor. Por isso, adotamos medidas fundamentais também em relação aos nossos servidores ativos e inativos", completou.

ACM Neto também pediu que todas as autoridades políticas superem as diferenças e trabalhem de forma conjunta nesse momento. Sem citar nomes, ele criticou políticos que minimizam o risco da doença. "Vamos esperar o que acontece na Itália chegar até aqui para só depois tomar as medidas? Esse comportamento de minimizar o problema é uma atitude irresponsável. Aqui em Salvador, vamos antecipar as decisões", finalizou.

Veja os pontos do decreto em função do coronavírus:  

1 - Suspensão por tempo indeterminado de exigência de atendimento para aposentados e pensionistas que precisam de recadastrar no dia de seu aniversário. Não vai suspender o benefício de ninguém. 

2 - Suspensão de férias e licenças de profissionais da saúde, guarda, Semps (Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza), Defesa Civil para ficarem se prontidão para atender a população. Outras áreas podem ser suspensas, caso necessário.

Acompanhe, de forma gratuita, notícias do coronavírus no CORREIO

3 - Trabalho remoto para profissionais da prefeitura acima de 65 anos, exceto aqueles que atuem em serviços essenciais para o funcionamento do serviço público - Secretários e dirigentes estão excluidos do decreto. 

4 - Fechamento dos parques públicos, a partir de quarta-feira (18). 

5 - Suspensão por 15 dias, a partir de quarta, as aulas da rede municipal e particular da cidade. Se precisar, a medida será estendida; suspender funcionamento de cinemas e academias, por 15 dias, a partir de quarta.

Leia também: Por que as escolas permanecem abertas na Bahia?

6 - Todas as inaugurações e atos da prefeitura serão realizados sem a presença de público. Apenas a autoridade ligada ao ato e a imprensa participarão.

*Com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas