Coronavírus: Bahia aumenta alerta e aeroporto de Salvador terá mudanças

bahia
28.01.2020, 09:10:05
Atualizado: 28.01.2020, 15:24:17
(Foto: AFP)

Coronavírus: Bahia aumenta alerta e aeroporto de Salvador terá mudanças

Ministro diz que Brasil está em 'perigo iminente'; saiba tudo sobre a doença que surgiu na China

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou em nota, nesta terça-feira (28), que aumentou o nível de alerta das equipes de vigilância epidemiológica e sanitária para o coronavírus, seguindo a orientação do Ministério da Saúde, o que inclui a revisão dos fluxos de investigação de casos suspeitos, bem como a definição do hospital de referência para encaminhamento de possíveis casos e apuração de contatos com outras pessoas, por exemplo. Não há, até o momento, registro da doença na Bahia. 

"A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Ministério da Saúde em sintonia com as Secretarias Estaduais de Saúde estão revisando a capacidade instalada de primeiros testes diagnósticos para investigação e descarte de agentes etiológicos respiratórios conhecidos. Na oportunidade, recomenda-se cautela para se evitar medidas restritivas e desproporcionais em relação aos riscos para a saúde e trânsito de pessoas, bens e mercadorias. Também aguarda-se novas orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Não há até o momento nenhum caso suspeito na Bahia", destacou a Sesab, em nota. O Hospital de referência é o Icom - Instituto Couto Maia. 

Leia também: Salvador tem monitoramento para coronavírus no Carnaval

Por conta da doença, o Aeroporto Internacional de Salvador informou que está seguindo as orientações da Anvisa em relação ao monitoramento do coronavírus no país. Entre as medidas anunciadas pela Salvador Bahia Airport, que administra o terminal, estão avisos sonoros nos desembarques internacional e doméstico, desde ontem, além da oferta de álcool em gel em diversos pontos do local. 

A concessionária informou que reforçou orientações de prevenção e controle aos funcionários do Aeroporto, especialmente aqueles que lidam diretamente com os passageiros e já iniciou a instalação de dispensers de álcool em gel nos canais de inspeção, áreas de imigração no desembarque internacional, praça de alimentação e área administrativa, bem como nas saídas dos sanitários do Píer Sul - onde ocorrem os voos internacionais. 

A Salvador Bahia Airport destacou que não há voos diretos entre Salvador e Ásia atualmente. 

Coronavírus: ministro diz que Brasil está em 'perigo iminente'
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira (28) que a pasta subiu o comitê de emergência para nível 2, que significa “perigo iminente”. A principal mudança é a vigilância: a Organização Mundial da Saúde (OMS) alterou a atenção para qualquer pessoa vinda da China — antes, eram só os advindos de Wuhan. O uso de máscara especial pelos agentes também será adotado.

Mandetta afirmou que há um caso suspeito em investigação em Minas Gerais. Foram mais de sete mil situações foram analisadas, e só um se enquadra na definição dada pela OMS.

A paciente é uma mulher de 22 anos, que esteve em Wuhan, na China. Ela relata não ter ido ao mercado de peixes, onde se acredita ser o epicentro da epidemia. Quatorze pessoas próximas à estudante estão sendo monitoradas.

De acordo com o chefe da pasta, o presidente Jair Bolsonaro ligou pra ele e solicitou que a população seja bem informada e que o sistema de saúde se prepare da melhor maneira possível para responder à situação.

China já tem 4.515 casos de coronavírus, com 106 mortos
A Comissão Nacional de Saúde da China informou nesta terça-feira (28) que mais 25 pessoas morreram em função de doenças provocadas pelo coronavírus, o que leva a contagem total de mortos do surto para 106. O número de casos confirmados no país chegou a 4.515, após 1.771 novas ocorrências terem sido contabilizadas.

Uma das mortes foi registrada em Pequim, a capital chinesa. As outras 24 foram em Hubei, a província em que o surto de coronavírus teve início, em dezembro. A cidade de Wuhan, onde os primeiros casos foram registrados, e outras 17 localidades de Hubei estão isoladas, com viagens de avião, trem e ônibus suspensas. Mais de 50 milhões de pessoas vivem na região afetada

O feriado do ano-novo lunar, que se estenderia até a sexta-feira (31), foi prolongado até o domingo (2). Com a medida, o governo chinês espera desestimular a viagem de volta para casa de dezenas de milhões de chineses que viajaram a partir da sexta-feira (24), quando as festividades tiveram início.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas