Coronavírus não é transmitido sexualmente, aponta estudo

coronavírus
24.04.2020, 11:27:06
Atualizado: 24.04.2020, 11:33:12
(Foto: Reprodução / Shutterstock)

Coronavírus não é transmitido sexualmente, aponta estudo

Apertar a mão não pode, mas atividades sexuais estão permitidas durante quarentena

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Em meio a tantas restrições durante a quarentena provocada pelo novo coronavírus, o sexo está seguro. Um novo estudo apontou que, apesar do novo vírus ser transmitido por uma simples tosse, o sêmem não carrega o coisa ruim.

A descoberta foi feita por um grupo internacional de cientistas americanos e chineses que não achou evidência do novo coronavírus no sêmem de um chinês de 34 anos que tinha testado positivo para o vírus. A revelação foi feita pelo jornal 'Fertility and Sterlity'.

Os autores do estudo admitiram que o número de pessoas infectadas foi pouco, mas ainda assim já é um dado significante, pois caso o vírus seja transmitido sexualmente toda a política de prevenção e tratamento da doença seria alterada.

Essa novidade já torna o vírus diferente do Ebola e da Zika, que podem ser transmitidos durante o coito.

Sexo acrobático
Contudo, os animadinhos que quiserem aproveitar a liberação terão que fazer um sexo com restrições. Afinal, a penetração pode ser segura, mas as preliminares como o beijo na boca, e até abraços podem causar a transmissão. 

Ou seja, os entusiasmados terão de encontrar uma posição que evite o máximo de contato possível, além de manter os rostos afastados um do outro.

Outra ressalva apontada pelo estudo é de que o homem estudado não tinha um caso grave da doença. Então é possível que quem tiver uma maior carga viral dentro do corpo consiga transmitir a covid-19 através deste fluído corporal em questão.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas