Corpo de italiano assassinado será velado em Salvador nesta quarta-feira (5)

salvador
04.12.2012, 18:45:00
Atualizado: 04.12.2012, 18:46:40

Corpo de italiano assassinado será velado em Salvador nesta quarta-feira (5)

Uma missa em homenagem ao diretor teatral Attilio Piscitelli, de 41 anos, também está prevista para acontecer no Cemitério Campo Santo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Da Redação

O corpo do italiano Attilio Piscitelli, de 41 anos, encontrado morto no bairro Dois de Julho, em Salvador, na noite do último dia 24, será velado no Cemitério Campo Santo das 10h às 14h deste quarta-feira (5). Também está prevista uma missa em homenagem ao diretor teatral na igreja do cemitério em horário ainda a ser definido pelos amigos e colegas de trabalho.


Corpo de diretor teatral será transladado para a Itália (Foto: Reprodução / Facebook)

O corpo do italiano foi liberado do Instituto Médico Legal (IML) neste domingo (2), data em que foi encaminhado para uma funerária no bairro da Federação, onde ficará até que a documentação para o translado para a Itália fique pronta. A família do diretor teatral decidiu não viajar para Salvador e aguarda a chegada do corpo do italiano, que deve acontecer até o início da próxima semana. O sepultamento de Attilio será realizado na cidade de Napoli.

A vítima morava no Brasil há quatro anos, tinha hábitos tranquilos, e morava sozinho em um apartamento na Barra. No sábado, ele saiu dirigindo o seu veículo, um Focus, de placa JPQ 9853. O carro e os documentos não foram encontrados.  “Provavelmente foi um roubo,  um latrocínio (roubo seguido de morte)”, contou uma amiga do italiano ao CORREIO.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas