Corpos de nove trabalhadores rurais assassinados em Mato Grosso vão para perícia

brasil
22.04.2017, 13:11:00
Atualizado: 22.04.2017, 13:13:50

Corpos de nove trabalhadores rurais assassinados em Mato Grosso vão para perícia

Segundo a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, os homens foram mortos por tiros ou facadas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Os corpos de nove pessoas assassinadas na última quinta-feira (20) em uma área rural do distrito de Guariba, em Mato Grosso, já chegaram ao município de Colniza, onde vão passar por perícia e identificação. As informações são da Polícia Judiciária Civil do estado.

De acordo com o órgão, os corpos são de homens adultos e, portanto, não há crianças entre os mortos, como havia sido divulgado anteriormente. Três vítimas eram do estado de Rondônia e três do próprio distrito de Guariba. A procedência das demais vítimas ainda está sendo verificada.

Ainda segundo a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, os homens foram mortos por tiros ou facadas e estavam todos no local onde aconteceu a chacina. Os corpos foram resgatados ontem (21) no fim do dia e o transporte foi feito durante a madrugada de hoje (22).

O órgão também informou que os corpos foram levados para uma sala preparatória do cemitério de Colniza, onde os trabalhos de perícia devem acontecer durante todo o dia. A divulgação da lista com os nomes das vítimas será feita pela Secretaria de Segurança Pública do estado. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas