Córrego transborda nas Sete Portas e causa prejuízos

salvador
07.03.2020, 14:15:00
Atualizado: 07.03.2020, 14:16:08
(Bruno Wendel/CORREIO)

Córrego transborda nas Sete Portas e causa prejuízos

Retroescavadeira foi usada para retirar lixo de dentro de canal na Cônego Pereira

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A imensa concha mecânica era manipulada inúmeras vezes. Num trabalho ininterrupto, a retroescavadeira hidráulica retirava aos montes o lixo que se acumulou nos córregos na Avenida Cônego Pereira, nas Sete Portas. A intenção era evitar que a água do rio voltasse a transbordar como aconteceu entre o final noite desta sexta-feira (6) e a madrugada deste sábado (7).

"Foi muita água. O lixo entupiu tudo e a água que já tinha, junto com a água da chuva, transbordou tudo. E hoje estavamos trabalhando desde as 7h para evitar que isso se repita novamente, já que a previsão é de mais chuva", disse Ricardo Fagundes, 30 anos, um dos operários que, no local, participavam da limpeza. 

Nas Sete Portas, a prefeitura de Salvador realiza uma obra de revitalização e parte do material acabou arrastado pela força da água. Segundo a prefeitura, a obra segue em andamento e tem prazo de entrega no mês de maio.

Quem trabalha no entorno do canal já contabiliza os prejuízos. Uma barbearia, por exemplo, que abre às 7h, só tinha um cliente às 11h.

"Aos sábados, isso aqui fica cheio. Costumo atender 15 pessoas e até agora só atendi três pessoas", lamentou o dono.

O trânsito ficou lento. Os carros e ônibus dividem a pista com os buracos ampliados, além da terra que se acumulou no local. Quem estava nos pontos de ônibus reclamou da demora do transporte. "Tem mais de uma hora aqui e nada de um ônibus para a Pituba. Já avisei ao chefe que vou atrasar", disse a recepcionista Vera Lúcia Freitas, 30.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas