Covid-19: com 62% da população vacinada, Ilhéus reduz ocupação de leitos de UTI

bahia
17.06.2021, 09:25:00
Atualizado: 17.06.2021, 21:00:52
(Foto: Arisson Marinho/Arquivo CORREIO)

Covid-19: com 62% da população vacinada, Ilhéus reduz ocupação de leitos de UTI

A ocupação dos leitos de UTI na cidade nos dois últimos meses varia de 28% a 38%

A secretaria municipal de Saúde da Prefeitura de Ilhéus (Sesau) atualizou as informações do número de ilheenses vacinados contra a Covid-19 e da ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pela população da cidade. De acordo com o órgão, até o final da última quarta-feira (16), Ilhéus chega à marca de 62 mil ilheenses elegíveis (acima de 18 anos) vacinados, o correspondente a 62% dessa população, conforme os últimos dados de densidade demográfica de Ilhéus informados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), publicados em 2010.

A Sesau avalia que o avanço da vacina e das ações restritivas e de prevenção adotadas pelo município, refletiram no decréscimo gradativo de internações em leitos de UTI. A ocupação desse público nos dois últimos meses varia de 28% a 38%. Segundo a última informação repassada, do dia 15 de junho, dos 81 leitos de UTI existentes na cidade, 39,5% estão ocupados, o que corresponde a 32 internações. Ao todo, 68 leitos de UTI estão ocupados. Trinta e seis pacientes internados são de outros municípios.

Já no dia 31 de maio, Ilhéus ocupava 23 leitos de UTI, 28,4% dos 81 existentes, mês em que a ocupação de leitos variou de 30% a 39%. Já em junho, o cenário mostrou uma redução, uma vez que a ocupação de leitos de UTI por pessoas na cidade ficou, prevalentemente, entre 29,6% e 32% de ocupação.

“Ao ser mantido o ritmo da vacinação que temos desempenhado com êxito em Ilhéus, e com a perspectiva da chegada de novas doses, trabalhamos para que alcancemos o desejado do controle da pandemia na cidade, quando pelo menos 75% da população da cidade esteja vacinada. Reiteramos a importância de as pessoas serem vacinadas, bem como a continuidade da adoção das medidas de prevenção como uso de máscara, álcool gel, distanciamento social e não fazer aglomerações, o que prevenirá a proliferação das novas variantes mais letais da Covid-19 na cidade”, informou o secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela. 

A Sesau destacou parceria do Município na fiscalização com órgãos como a Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Sutram, fiscais de posturas e ambientais.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas