Covid-19: Rui cita aproximação de colapso e não descarta medidas mais duras; assista

coronavírus
23.02.2021, 17:47:41
Atualizado: 23.02.2021, 18:38:43
(Reprodução)

Covid-19: Rui cita aproximação de colapso e não descarta medidas mais duras; assista

Em pronunciamento, governador pede que população siga recomendações para conter avanço do vírus

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O governador da Bahia, Rui Costa, divulgou um pronunciamento nesta terça-feira (23) em que pede para que a população mantenha as medidas de prevenção para evitar a proliferação da covid-19 no estado. O mandatário foi categórico e afirmou que não irá hesitar para tomar medidas mais duras caso as taxas de contaminação e ocupação de leitos de UTI continuem a subir na Bahia.

"Faço um apelo a todos: não é hora de paredões, de festas, bares lotados ou aglomerações. Enquanto a vacina não chega, é preciso usar máscara e manter o distanciamento. Vamos salvar vidas", diz o governador.

Com 80% dos leitos de UTI ocupados em todo o estado, Rui afirma que o governo continuará abrindo novos leitos, mas que sem a colaboração da população, não será possível evitar um colapso do sistema de saúde.

“Continuamos abrindo novos leitos, mas nem esse aumento será suficiente para resolver a situação dramática que se aproxima. Sem a sua colaboração, em pouco tempo faltarão leitos de UTI no setor público e no setor privado. E aí, poderemos ver aqui aquelas cenas tristes que vimos em outros estados e em outros países."

Assista ao pronunciamento abaixo:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas